Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
32°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

INTIMIDAÇÃO

Líder de campanha contra assédio é ameaçada e tem dados vazados

quinta-feira, 30/07/2020, 14:21 - Atualizado em 30/07/2020, 14:20 - Autor: ( com informação da UOL )


|

A tenente-coronel Camila Paiva, do Corpo de Bombeiros de Alagoas, teve seus dados pessoais vazados em grupos que pretendiam usá-los como ameaça. Ela foi líder do movimento #AssédioNoQuartel, contra machismo nas corporações.

"No domingo (26), eu recebi a primeira mensagem de ameaça, só que não dei importância. Achei que era besteira, que não ia dar em nada. Dei os prints e bloqueei", contou a tenente-coronel.

"Só que na segunda-feira uma bombeira do Acre me disse, que uma pessoa que conhecemos, [que é acostumada a sofrer ataques], viu em um grupo usado para planejar ataques de ódio, fotos e as minhas informações pessoais. Havia tudo meu lá", acrescentou. 

A militar informou que procurou a polícia e fez um boletim de ocorrência. Camila recolheu todo o material, com prints das mensagens e seus dados pessoais, para levá-los até a Delegacia de Crimes Cibernéticos em Maceió.

RELEMBRE O CASO

Na semana passada, Camila lançou um desafio a suas colegas: que as militares contassem seus casos postando uma foto em preto e branco e se intitulando como "Maria". A iniciativa viralizou nas redes.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS