Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

VIOLÊNCIA

Homem é morto com 19 facadas após discussão em bar

quinta-feira, 25/06/2020, 09:01 - Atualizado em 25/06/2020, 09:01 - Autor: Com informações Meionorte.com


A Polícia Civil agora vai investigar a motivação do crime.
A Polícia Civil agora vai investigar a motivação do crime. | Divulgação/PC

Policiais das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE) foram acionados para atender uma ocorrência de homicídio no povoado Mucuim, entre Teresina e Altos na manhã desta quinta-feira (25). Um homem foi assassinado com 19 facadas  após uma discussão em um bar. A Polícia Civil agora vai investigar a motivação do crime.

Para a imprensa local, o sargento Macêdo informou que a polícia foi acionada através de ligação de populares.

“Nós fomos informados a respeito de um homicídio que aconteceu no povoado que fica entre Teresina e Altos, de imediato nós fizemos o deslocamento até o local e constatamos a veracidade do fato, só que quando nós chegamos já tinha uma viatura fazendo o isolamento da área. Nesse momento também nós fomos acionados por populares afirmando que o autor do crime se encontrava a poucos metros de onde nos estávamos e ele estava contido pela população. Fomos até o local e vimos que ele estava contido e a partir daí nós fizemos a condução do mesmo até a Central de Flagrantes juntamente com a motocicleta, pois ele estava evadindo-se da localidade e tentando empreender fuga, mas nesse momento ele encontra-se preso para os procedimentos legais”, declarou.

Ainda segundo o sargento, a perícia que foi acionada até o local constatou que a vítima foi morta com 19 perfurações.

“Foram 19 perfurações de arma branca, provavelmente um facão. O crime ocorreu durante uma discussão enquanto os dois ingeriam bebida alcoólica, mas a real motivação somente após a investigação da Polícia Civil. Ainda não sabemos se o autor tem passagem pela polícia, provavelmente não, já é um senhor de quase 50 anos”, declarou o sargento.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS