Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

JUSTIÇA?

Jovem volta a hotel onde sofreu abuso sexual para se vingar de funcionário

domingo, 17/05/2020, 15:28 - Atualizado em 17/05/2020, 14:28 - Autor: Com informações do portal O Livre


Uma jovem de 18 anos que afirma ter sofrido estupro em um hotel na cidade de Sinop, no Mato Grosso, resolveu fazer justiça com as próprias mãos, na última sexta-feira (15), e voltou ao local onde o suspeito do abuso trabalha, armada com uma faca para se vingar.

De acordo com o portal O Livre, o estupro aconteceu em junho de 2019. A jovem teria saído de Sorriso, cidade localizada a 400 quilômetros de Cuiabá, para Sinop e se hospedou um dia no hotel. À época, ela era menor de idade, mas conseguiu a hospedagem mesmo sem a autorização dos pais.

Ela conseguiu pagar o primeiro dia de hospedagem, mas, no segundo, teve que sair em busca de dinheiro pela cidade, sem sucesso. No fim da noite, ela resolveu pedir ajuda para um funcionário do hotel, que a deixou dormir no quarto em que ele dormia.

Segundo a jovem, após deitar-se, o funcionário passou a ir com frequência no quarto e depois começou a beijá-la e acariciá-la. Ela pediu para o homem parar, mas ele teria continuado até tentar a penetração.

Assim que amanheceu, ela foi embora à procura de ajuda. Na época do crime, ela denunciou o suspeito.

Vingança

Já na sexta-feira (15), a Polícia Militar foi acionada ao hotel para uma situação de ameaça. Ao chegar, os militares encontraram a jovem com uma faca ameaçando o funcionário.

Questionada, ela contou que estava fazendo isso pelo que tinha acontecido no ano anterior, quando estava passando por um período difícil e foi estuprada.

O funcionário do hotel, por sua vez, disse que conheceu a garota na rua há um tempo. Ele afirmou que a alojou no “quarto da portaria” e que entrou no recinto para pegar dinheiro, mas negou que tenha abusado dela.

Os dois acabaram encaminhados para a delegacia, ela acusada de ameaça e, ele, de estupro.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS