Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

CELEBRAÇÃO

Hoje é dia de Santa Corona, padroeira da resistência às epidemias

quinta-feira, 14/05/2020, 16:26 - Atualizado em 14/05/2020, 15:25 - Autor: Com informações de UOL


| Imagem: Picture Alliance/DPA via Getty Images

Os católicos celebram nesta quinta-feira (14), o dia de Santa Corona, a intercessora contra doenças infeciosas. Diante da pandemia do novo coronavírus, fieis aproveitaram a semelhança entre os nomes dela e da doença para pedir proteção e ela acabou ganhando uma nova atribuição.

De acordo com o histórico sobre a santa,  acredita-se que Corona tinha apenas 16 anos quando foi morta pelos romanos por professar a fé cristã. Segundo a lenda, a jovem sofreu uma morte cruel. Ela foi amarrada a duas árvores dobradas e depois rasgada quando os troncos foram soltos. A santa teria vivido na Síria no século II depois de Cristo. 

"Essa é uma história muito horrível e a levou a se tornar a patrona dos lenhadores", disse Brigitte Falk, chefe da Câmara do Tesouro da Catedral de Aachen, acrescentando que há chance que ela também se tornasse uma padroeira por resistir às epidemias.

No mês de março, a Catedral de Aachen, na Alemanha, retirou de seu cofre as relíquias da santa para uma exibição após a pandemia de covid-19.

As relíquias de Corona, levadas à catedral pelo rei Otto III em 997, foram mantidas em uma tumba sob uma laje da catedral - que ainda pode ser vista - até 1912, quando foram colocadas no santuário, com 93 centímetros de altura e pesando por volta de um quilo.

A catedral católica romana de Aachen, construída pelo imperador Carlos Magno no século IX, é uma das mais antigas da Europa. Carlos Magno foi enterrado lá, no ano de 814.

"Como muitos outros santos, Santa Corona pode ser uma fonte de esperança nestes tempos difíceis", disse Falk.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS