Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

VOLTOU ATRÁS

Chamado de "genocida", Bolsonaro recua em MP que suspendia salários

segunda-feira, 23/03/2020, 14:53 - Atualizado em 23/03/2020, 14:52 - Autor: Paloma Lobato


| Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro voltou atrás sobre da medida provisória editada na noite do último domingo (22) que autorizava suspensão do contrato de trabalho por até quatro meses. A princípio, ele havia informado que a MP era uma "maneira de preservar empregos". Após receber muitas críticas sobre a medida, Bolsonaro usou uma rede social para informar sobre a suspensão da medida. 

Confira:

Revolta

Nas redes sociais, os internautas mostraram indignação com a possível aprovação da medida provisória. No Twitter, a hashtag "Bolsonaro Genocida" ocupa o primeiro lugar nos trendig topics. 

 

A MP também foi criticada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que chamou a proposta de "medida provisória capenga". 

| Reprodução
| Reprodução

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS