Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

ATACOU OS CRÍTICOS

Ministra Damares usa redes para defender o filho de Thammy Miranda

terça-feira, 14/01/2020, 13:04 - Atualizado em 14/01/2020, 13:04 - Autor: FOLHAPRESS


A ministra Damares Alves usou o Twitter para defender o filho de Thammy Miranda, mas aproveitou para criticar a 'ideologia de gênero'.
A ministra Damares Alves usou o Twitter para defender o filho de Thammy Miranda, mas aproveitou para criticar a 'ideologia de gênero'. | Agência Brasil / reprodução

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, defendeu em sua conta no Twitter, nesta terça-feira (14), o filho recém-nascido de Thammy Miranda, Bento, de comentários de usuários da rede social. 

"Apesar de nossas divergências ideológicas, quero que Thammy e Andressa saibam que estamos trabalhando muito para que Bento tenha um país melhor, mais seguro e onde as pessoas sejam respeitadas", escreveu. Damares pediu que seus seguidores e amigos não compartilhassem "palavras negativas" contra a criança. 


A ministra comentou o caso após usuários do Twitter usarem sua fala sobre meninos vestirem azul e meninas vestirem rosa para provocar Thammy. Há um ano, no dia 2 de janeiro, a ministra foi filmada dizendo que meninos deveriam vestir azul e meninas rosa, causando polêmica ao reiterar a posição em entrevista e criticar o que chamou de "ideologia de gênero".

Agora, em tom de brincadeira, Damares voltou ao assunto ao defender Bento e sinalizou uma possível mudança na sua posição anterior. 

"Chamo atenção que na foto Thammy está de azul, Andressa de rosa e Bento de azul. Amei! É isto que sempre digo: as crianças vestem a roupa que a família desejar sem nenhum patrulhamento, como já estava começando a acontecer no passado recente. Deus te abençoe lindo menino! E que Deus abençoe todas as crianças de meu país", diz.

A foto foi postada por Thammy Miranda no dia 11 de janeiro e já somava comentários ofensivos, que foram impulsionados após Carlos Bolsonaro republicar duas fotos do filho da cantora Gretchen, uma no domingo (12) e outra na segunda (13), em seu próprio perfil.

De lá para cá, as ofensas ganharam força, variando de questionamentos ao gênero de Thammy à saúde mental da criança -para um usuário, por exemplo, ser filho de um homem transexual levaria Bento a desenvolver problemas psicológicos. 

Ainda no domingo, Gretchen respondeu a Carlos Bolsonaro e disse que o processaria. A ameaça, porém, não surtiu efeito e o filho do presidente Jair Bolsonaro postou no dia seguinte uma nova foto de Thammy, além de manter a primeira foto postada, removendo apenas a legenda "Felicidades para você e sua família, irmão", que satirizava sua semelhança física com o filho de Gretchen. 

"Qual foi o objetivo desse post ridículo na sua página? Você precisa da imagem do meu filho para fazer gracinha na internet, né? Queria poder assumir a sua posição e não pode. Triste né? Você realmente não tem um pingo de [bom] senso nem noção de onde pisa. Se ele não te processar, processo eu que sou mãe dele. Boçal", escreveu. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS