Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

EXPLICAÇÃO

Você sabe o que é o ano bissexto? Saiba porque ele foi criado

sexta-feira, 03/01/2020, 17:58 - Atualizado em 03/01/2020, 18:06 - Autor: FOLHAPRESS


| Reprodução

A Terra leva cerca de 365 dias e seis horas para completar uma volta em torno do sol. Na prática, um ano teria 365,25 dias –algo complicado de se colocar em um calendário. Os anos bissextos, como é o caso de 2020, ajudam a arredondar a conta. Mas vamos por partes. 

Na Roma Antiga, o calendário se baseava nas fases da lua para contar os dias. Com a ideia de alinhar o calendário ao ano solar, o imperador Júlio César pediu ao astrônomo Sosígenes que reformulasse o calendário para um sistema mais preciso. 

Esse novo formato foi chamado de calendário juliano e tinha 365 dias, divididos em 12 meses, com 30 e 31 dias. Para compensar as seis horas que ficam de fora todos os anos, acrescentou-se um dia a cada quatro anos. O dia extra é a soma das seis horas que sobram todos os anos durante quatro anos, totalizando 24h, assim  6+6+6+6 = 24. 

Em 1582, o papa Gregório 13 promulgou uma bula papal que alterava o calendário, após novas análises realizadas pelo astrônomo Cristóvão Clávio. O objetivo era corrigir erros na relação das datas com o ano solar. Esse calendário é o que usamos atualmente: o gregoriano.

Já o nome do fenômeno, "ano bissexto", surgiu por outra razão. Fevereiro, no calendário juliano, era o último mês do ano. Decidiu-se que o dia extra deveria ser acrescentado no sexto dia antes das calendas (1º dia do ano), ou seja, 1º de março. Havia uma frase que nomeava e ao mesmo tempo explicava a regra: "ante diem bis sextum Kalendas Martias", que quer dizer "o sexto dia antes das calendas de março". 

Por ser longa, a frase foi reduzida a "bis sextus" e, hoje, bissexto. Apesar fevereiro não ser mais o último mês do ano, o dia extra ainda é acrescentado no segundo mês. 

Os anos bissextos são aqueles divisíveis por 4. No caso dos anos centenários, só será bissexto aquele que for divisível por 400; todos os outros centenários, como 2100 e 2200, por exemplo, não serão bissextos. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS