Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

VACINAÇÃO A DOMICÍLIO

Cachorros morrem após tomarem vacina contra a raiva e prefeitura suspende serviço

quinta-feira, 07/11/2019, 20:22 - Atualizado em 07/11/2019, 20:41 - Autor: DOL


Andrel, tutor dos animais, denunciou o caso no Facebook
Andrel, tutor dos animais, denunciou o caso no Facebook | Reprodução

Após serem vacinados contra a raiva, dois cães da raça poodle morreram e indignaram seus tutores. A vacina foi aplicada por funcionários da Prefeitura de Macapá que foram até a residência dos donos dos animais, no bairro do Pacoval. As informações são do portal Seles Nafes.

Em uma postagem no Facebook, Andrel Rafael, dono dos cachorros, disse que a equipe informou que estava passando pelas casas do bairro porque os postos de imunização estavam sem a vacina.

Veja a postagem de Andrel:

"Denuncia!!

hoje pela manhã, uma equipe da prefeitura de Macapá, passou aqui no bairro do pacoval, alegando eles estarem indo nas casas para realizarem a vacinação de animais domésticos, pois, segundo eles, relataram que não haveria vacinas nos postos, enfim... agimos de boa fé e a entrada dos mesmos foi autorizada.

Contudo, logo após serem vacinados meus cachorros vieram a óbito (casal de poodle) com sintomas de envenenamento, vômito, espasmos, entre outros, a pergunta que fica: era mesmo vacina? As vacinas estavam dentro de suas validades? É muita coincidência terem morrido dessa forma, logo após serem vacinados. Será que a Prefeitura de Macapá tem uma explicação? É lamentável, que isso sirva de exemplo, tomem cuidado com os seus bichinhos. 😔

Queria a colaboração de vocês compartilhando este ocorrido. Obrigado!"

Na postagem, algumas pessoas comentaram que passaram pela mesma situação em diferentes pontos da cidade.

Andrel disse que tem imagens dos envolvidos, mas que prefere não divulgar para não prejudicá-los. Ele também não espera indenização, apenas uma explicação plausível da prefeitura de Macapá sobre o ocorrido. Mas a família decidiu registrar um boletim de ocorrência.

Veja mais:

Cachorro abandonado com queimaduras chora ao ser adotado

Geisy Arruda aparece gorda e desdentada; fãs ficam perplexos 

Nesta quinta-feira (7), a secretária municipal de saúde, Raquel Vedovelli, disse que todas as vacinas aplicadas pelos funcionários do município são fornecidas pelo Ministério da Saúde e enviadas dentro do prazo de validade. "Não há histórico de óbitos de animais após a aplicação da vacina. O órgão desde que soube do caso procurou averiguar se foram os funcionários (...) que fizeram a vacinação, pois toda ficha precisa ser assinada (...) e a dos cães em questão não foi assinada", disse a titular.

Josian Silva, diretor da Vigilância Ambiental da Semsa, lamentou o fato e disse que a vacinação "casa a casa" foi suspensa enquanto o caso é investigado. Segundo ele, a campanha ocorreu porque os postos estavam sem os medicamentos.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS