Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

EXECUÇÃO

Miliciano é executado com 20 tiros em cadeira de dentista

quarta-feira, 06/11/2019, 15:27 - Atualizado em 06/11/2019, 15:44 - Autor: DOL


| Reprodução

Um homem suspeito de ter ligações com milícias da cidade do Rio de Janeiro foi fuzilado, na noite da última terça-feira (5), durante uma consulta no dentista na Zone Oeste do Rio. A vítima - identificada como Alexsander da Silva Monteiro, de 41 anos, o “Popeye” - foi assassinada por um grupo armado. 

Segundo informações do jornal Extra, os executores chegaram ao local em um carro preto e um táxi. Alexsander estava sentado na cadeira do dentista quando foi alvejado com ao menos 20 tiros.

Tanto o dentista quanto a recepcionista ficaram feridos. Ainda não há informações sobre o estado de saúde de ambos.

Policiais militares do 31º BPM foram acionados. A área foi isolada para realização de perícia, feita pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC). 

Uma das linhas de investigação é de que o assassinato de Popeye tenha ocorrido devido a uma disputa pela expansão do grupo paramilitar que ele comanda. Os policiais, porém, não descartam outras motivações para a execução. 

Nesta quarta-feira (6), equipes da DH fazem diligências em busca de provas contra os mandantes do assassinato e os executores do crime.

(Com informações do portal Metrópoles)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS