Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

IRREGULARIDADE

Governo proíbe a venda de 33 marcas de azeite; saiba quais

quinta-feira, 03/10/2019, 16:27 - Atualizado em 03/10/2019, 16:26 - Autor: Tomas Tavares


|

A comercialização de 33 marcas de azeite de oliva está suspensa por terem sido adulteradas, segundo informou o Ministério da Agricultura na quarta-feira (3).

As informações são do Estado de Minas.

De acordo com o governo, a maior parte das fraudes foi feita com a mistura com óleo de soja e óleos de origem desconhecida.

Veja as marcas suspensas:

 Aldeia da Serra;

Barcelona;

Casa Medeiros;

Casalberto;

Conde de Torres;

Dom Gamiero;

Donana (premium);

Flor de Espanha;

Galo de Barcelos;

Imperador;

La Valenciana;

Lisboa;

Malaguenza;

Olivaz;

Oliveiras do Conde;

Olivenza;

One;

Paschoeto;

Porto Real;

Porto Valencia;

Pramesa;

Quinta da Boa Vista;

Rioliva;

San Domingos;

Serra das Oliveiras;

Serra de Montejunto;

Temperatta;

Torezani (premium);

Tradição;

Tradição Brasileira;

Três Pastores;

Vale do Madero;

Vale Fértil.

A pasta informou que uma fiscalização da operação Iris identificou 59 lotes com irregularidades. A operação começou em 2017, mas os lotes são de coletas feitas entre 2017 e 2018.

Segundo o ministério, praticamente não existe mais estoque no mercado desses lotes, mas é possível que consumidores encontrem ainda outros lotes das mesmas marcas.

Os comerciantes devem verificar a procedência do aceite antes de formar os estoques. Supermercados flagrados comercializando as marcas podem receber punição.


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS