Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


25°
R$

Notícias / Notícias Brasil

INVESTIGAÇÃO

Motorista acusado de agredir passageiro por homofobia se apresenta à polícia e nega crime

segunda-feira, 09/09/2019, 21:23 - Atualizado em 09/09/2019, 21:23 - Autor: Com informações Pheeno


| Reprodução

Paulo Roberto de Morais Junior se apresentou à polícia na tarde desta segunda-feira (9), e negou que a agressão que cometeu contra o ator Marcello Santanna, dentro do coletivo que dirigia, no último sábado (7), tenha tido viés homofóbico.

De acordo com o depoimento do motorista, a vítima, o amigo e a prima entraram no ônibus fazendo bagunça, estavam aparentemente embriagados e começaram a incomodar os outros passageiros. Ainda segundo Paulo, “alguns chegaram a descer do ônibus”.

Além disso, o condutor do ônibus afirmou que pediu que o grupo parasse e, neste momento, a vítima teria baixado as calças e sentado no colo do amigo. Paulo afirma que, por conta disso, mandou os três descerem do ônibus.

Segundo o depoimento de Paulo, Marcello teria xingado ele e dado tapas na lataria do ônibus e essa atitude o irritou. Ele afirma ter dado apenas um soco na vítima e negou que a agressão tenha viés homofóbico. A polícia segue investigando o caso como lesão corporal.

O ator, de 23 anos, teve o nariz quebrado e acusa o motorista de agressão e homofobia. 


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS