Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


28°
R$

Notícias / Notícias Brasil

POLÊMICA

OAB terá que explicar festa com stripers e gogo boys em comemoração ao Dia do Advogado

quinta-feira, 05/09/2019, 20:15 - Atualizado em 05/09/2019, 20:15 - Autor: Com informações Pleno News


Advogados contrataram gogo boys e dançarinas para comemoração pelo Dia do Advogado
Advogados contrataram gogo boys e dançarinas para comemoração pelo Dia do Advogado | Reprodução

A subseção de Nova Iguaçu da Ordem de Advogados do Brasil foi intimada pela OAB do Rio de Janeiro a explicar a festa em comemoração ao Dia do Advogado, que aconteceu no último dia 30. Isto porque o órgão contratou gogo boys e dançarinas stripers para o evento, que reuniu até membros da diretoria.

Em nota, a OAB-RJ afirmou que o evento não foi realizado com dinheiro da instituição e que a venda de ingressos financiou a festa. O órgão também afirmou que não foi consultado em momento algum sobre a comemoração, mas que cada subseção tem autonomia para tal.

A OAB-RJ também apontou que, apesar da autonomia das subseções, espera-se que haja decoro dos profissionais.

Veja a íntegra da nota.

A respeito da festa realizada pela Subseção de Nova Iguaçu na última sexta, dia 30 de agosto de 2019, em comemoração ao Mês da Advocacia, a Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Estado do Rio de Janeiro, vem esclarecer o seguinte:

. O evento não foi realizado, nem subsidiado pela OAB/RJ;

. A festa foi financiada por ingressos confeccionados e vendidos pela Subseção de Nova Iguaçu;

. Estatutariamente, as subseções têm autonomia para realizar seus eventos;

. A OAB/RJ não foi consultada ou informada sobre a programação da festa.

Vale salientar que, não obstante respeitar a autonomia das subseções e de não ter havido uso de verba ou de instalações da Ordem, a Seccional entende que eventos comemorativos da advocacia devem ser compatíveis com o decoro da atividade profissional. Por essa razão, a OAB/RJ já intimou a Subseção de Nova Iguaçu a prestar esclarecimentos sobre o ocorrido.

Rio de Janeiro, 3 de setembro de 2019

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS