Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


23°
R$

Notícias / Notícias Brasil

SE DEU MAL

Ex-funcionário usa máscara de idoso e é preso durante tentativa de assalto a banco 

terça-feira, 13/08/2019, 17:00 - Atualizado em 13/08/2019, 20:31 - Autor: Paloma Lobato


| Reprodução

Um homem fantasiado de idoso tentou assaltar uma agência bancária em Jaraguá do Sul, no interior de Santa Catarina. O caso aconteceu no começo da tarde da última segunda-feira (13), no centro da cidade. 

Segundo a polícia, Alexis Schirmer, 36, era ex-funcionário da agência. "Ele passou cinco anos trabalhando como caixa, mas se desligou do banco há cerca de um ano", disse o delegado regional de Jaraguá do Sul, Fabiano Silveira. Às 12h30 a Polícia Militar foi chamada para atender uma ocorrência na região central. Tratava-se de um assalto a banco. 

Schirmer veio de Curitiba (PR) de ônibus com o plano na cabeça: se fantasiar de idoso e assaltar o banco sem falar uma palavra.

"Ele chegou de ônibus e foi de táxi até a agência. Lá ele pediu para o taxista esperar que ele já voltava. Ao entrar na agência ele foi até o caixa com um bilhete anunciando o assalto", conta o delegado. 

No bilhete estava escrito: "Isso é um assalto. Olhe o meu paletó. Vamos manter a calma. Pegue a bolsa, coloque os envelopes e o dinheiro que tiver a mão. Disfarce, sem alarde. Ninguém precisa se machucar. Entendeu?". 

De acordo com o delegado, Schirmer vestia um terno preto e estava com um simulacro de arma na cintura. Ele ainda usava uma boina e óculos escuros. 

Assustada, a funcionária rendida caiu no chão e o homem fugiu. Ao tentar escapar por uma janela, ele caiu em cima de um carro no estacionamento do banco. Schirmer quebrou a perna e está hospitalizado.

A polícia ainda encontrou uma arma de verdade e munição em uma bolsa que havia ficado dentro do táxi. O motorista que levou Schirmer para o local do assalto foi ouvido pela polícia e liberado, pois, segundo o delegado "ele não tem nenhuma relação com o crime". 

O homem, que não tinha nenhum antecedente criminal, segue internado e deverá ser transferido para um presídio local após alta médica.

(Folhapress) 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS