Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias

DR. RESPONDE

Saiba como reconhecer um atendimento humanizado

sexta-feira, 02/08/2019, 10:36 - Atualizado em 02/08/2019, 13:14 - Autor: Diario Online


| Reprodução

Estar doente gera consequências que vão além do laudo médico. Tudo ao redor pode interferir de maneira positiva ou negativa na saúde mental do paciente, que, por conta de alguma condição ou diagnóstico, tende a ficar vulnerável. É por isso que um atendimento humanizado é fundamental, explica Filipe Donza, médico do HSM. “O hospital tem a consciência do papel de agir a serviço da saúde do ser humano. Não só médicos, mas toda a equipe age com zelo e com o melhor da sua capacidade profissional. Isso significa entender que também somos seres humanos atendendo outros seres humanos, e não máquinas”, avalia ele ao relatar que essa dinâmica é fruto de um núcleo de valores do hospital, que é de conhecimento de todos os colaboradores. “Além das decisões de qualidade técnica baseadas no que há de melhor na medicina, há a integralidade dos relacionamentos. Somos pessoas atendendo pessoas, com compromisso e ética”.

Se a indiferença de um médico pode prejudicar um paciente, o atendimento humanizado costuma impactar positivamente a rotina de qualquer tratamento. Como membro do núcleo de qualidade e segurança do hospital, Filipe percebe isso diariamente. “O principal é a confiança. No nosso ramo, precisamos ganhar confiança do paciente, pois ela é essencial para a consolidação do relacionamento, bem como entre a equipe, tudo em busca de coerência, sincronia, com foco. Isso gera aderência ao tratamento. Ele lhe conheceu, o compreendeu e entendeu que você está ali pelo bem dele”, afirma ao lembra que isso deve começar desde o momento em que o paciente adentra o hospital, com todos os funcionários, do segurança ao atendente.

 

Evite atendimentos desumanizados. Veja sinais para ficar em alerta:

Indiferença do médico

O médico não pode tratá-lo como qualquer um e lhe deve uma atenção personalizada, olho no olho, sem frieza ou desinteresse

Estruturas físicas insalubres

Ambientes malcuidados, sujos e desagradáveis tendem a atrapalhar a experiência do paciente

Falta de esclarecimento

O paciente precisa de um aconselhamento amplo e ter todas as suas dúvidas respondidas

Constrangimento

Atendimentos livres de julgamentos são importantes para que o paciente se sinta seguro

Falta de liberdade

É fundamental que o paciente tenha autonomia para decidir cada passo do tratamento

Exposição

A privacidade do paciente é soberana em relação a qualquer diagnóstico ou condição e deve ser garantida sempre

Exclusão da família

O paciente pode optar por não envolver a família, mas caso não, é importante que aja um acolhimento de familiares afetados pelo tratamento

 


| Reprodução
| Reprodução
| Reprodução

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS