Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

PFC enfrenta o papão com jogadores pendurados

quinta-feira, 09/05/2013, 05:42 - Atualizado em 09/05/2013, 05:42 - Autor:


Há algumas rodadas, comentar sobre a preparação do Paragominas para as seguidas partidas decisivas significa também mencionar a grande quantidade de atletas que estão no limiar da suspensão por cartões amarelos. Desde o primeiro jogo contra a Tuna, válido pelas semifinais, o Paragominas sempre teve pelo menos seis atletas pendurados com dois cartões amarelos. Para o jogo contra o Paysandu, o número atinge a marca de oito atletas. Estão com dois cartões amarelos o goleiro titular Mike Douglas, o zagueiro Sam, o lateral Magno e os atacantes Jayme e Aleilson. Entre os reservas, o lateral direito Flávio, o meia Bené e o atacante Beá também estão na mesma situação.


Preocupação para a comissão técnica do time? Não! Segundo Charles Guerreiro, “não dá pra entrar em campo pensando em tirar o pé numa decisão. Estamos há algumas rodadas lidando com essa situação. No primeiro jogo contra o Remo tivemos cinco jogadores que ficaram de fora, entre contusão e suspensão, e ainda assim nosso time jogou muito bem. Se a gente perder algum atleta por cartões amarelos, confio que temos alternativas no grupo para suprir essa ausência”, disse o técnico da equipe. 

SALÁRIOS E FUTURO


O bom desempenho em campo do time do Paragominas tem possibilitado à direção do clube resolver algumas pendências internas da agremiação. Após a boa arrecadação da partida contra o Remo, o presidente do clube, Jorge Formiga, confirmou o pagamento de 70% dos salários do mês de abril. “Deu para quitar a maior parte da dívida. Ainda temos 30% para colocar em dia e já conversamos com o grupo de atletas que será pago na próxima segunda-feira (13), após o jogo contra o Paysandu”, afirma o dirigente.
Jorge veio a Belém participar da reunião na FPF, para o sorteio de arbitragem da final do Campeonato paraense e reunir com alguns empresários para confirmar apoios e patrocínios para a disputa da Série D.


“Após a final do Parazão, já temos reunião agendada com o técnico Charles Guerreiro para definir algumas mudanças no elenco. Dispensas e contratações deverão ser feitas para montar um grupo mais forte para o Campeonato Brasileiro. Estou confiante que os apoios que já sinalizaram fechar com o clube não vão deixar essas situações de atraso salarial se repetirem”, afirmou o dirigente.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS