Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Paragominas é um clube com vontade de evoluir

segunda-feira, 06/05/2013, 03:40 - Atualizado em 06/05/2013, 03:40 - Autor:


Campeão da Segundinha, campeão do Segundo turno do Paraense, somando dois títulos e entrando no rumo para completar o segundo ano de história. O Paragominas parece ter uma afeição grande com o número 2, contanto que isso não envolva a segunda colocação. Disposto a ser campeão do Estado, o PFC deu mais um passo para o triunfo em sua curta história na tarde deste domingo. Ao entrar no campo contra um Remo retrancado, o Jacaré não quis saber de história e tradição e despachou o adversário para casa com direito a férias prolongadas. Principais responsáveis pelo resultado, os jogadores da equipe não cansaram de exaltar o espírito de equipe.


Grande nome da partida, o jogador Magno estava claramente emocionado após o jogo e não negou que todos duvidaram do trajeto da equipe até o título do segundo turno. “Muitos não acreditaram que iríamos chegar onde chegamos, temos um ano de glória com dois títulos. Nosso nome está gravado aqui em Paragominas, e agora resta continuar esse bom trabalho”, declarou.


Perguntado sobre os motivos que levaram o Paragominas ao título, Magno não teve dúvidas em colocar o espírito da equipe como principal razão. “Isso é trabalho, comprometimento. Nunca tivemos uma discussão, uma briga, mas sem esquecer da cobrança. Isso é primordial para o clube evoluir”, alfinetou, em referência à briga do remista Thiago Galhardo com Gabriel.


Ilailson, que também teve seu destaque na primeira metade do jogo, não negou a alegria mesmo com o joelho machucado, e espera voltar para o jogo contra o Paysandu. “Estou muito feliz de poder fazer parte disso e espero continuar ajudando. Vou fazer exames no joelho para ver se posso entrar em campo e espero estar apto. Se não der, vou ter que só assistir mesmo”, disse o emocionado Ilailson.


Cartola do PFC detona Remo


Emocionado ao fim da partida que sagrou o Paragominas como campeão do segundo turno, o vice presidente da agremiação, Marcelo Paier, admitiu seus momentos de dúvida com o time. “Foi difícil conseguir esse título. O presidente (Jorge Formiga) sempre me falou que a gente ia conseguir vaga na Série D, na Copa do Brasil, na final. Isso desde o início de nossa história. Eu achei que era um discurso de empolgação, mas agora dou a mão à palmatória para o presidente, ele estava certo”, revelou Marcelo.


Sem meias palavras, o presidente Jorge Formiga exaltou a forma como o time entrou em campo e desabafou sobre os dirigentes adversários. “Jogar pelo empate é entrar em campo meio acovardado. O Paragominas veio com o objetivo da vitória e o técnico Charles (Guerreiro) mexeu bem e conseguiu dar mais mobilidade ao time. Alguns dirigentes do Remo querem aparecer mais do que o time. Fomos muito maltratados em Belém no jogo de ida. Não sabem fazer futebol. Tem que ser um esporte de mão dupla, respeitar e ser respeitado”, desabafou.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS