Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Se chover, Arena Verde pode virar uma piscina?

domingo, 05/05/2013, 11:56 - Atualizado em 05/05/2013, 11:56 - Autor:


Inaugurada há pouco mais de um ano, a Arena Verde ainda cheira a tinta mas já presenciou momentos históricos, como os jogos que resultaram no acesso bicolor à Série B. Com boas dependências, uma das melhores iluminações entre os estádios do interior e uma capacidade para aproximadamente 12 mil torcedores é uma das melhores praças de esporte no interior. Seu gramado, no entanto, é o seu ponto fraco. Quando seco, é de razoável qualidade. O problema é que, quando chove, as condições de jogo decaem sensivelmente. E tem chovido um bocado. Quando encharca, a Arena Verde vira Arena Mangue. A previsão do Instituto de Meteorologia do Pará – Inmet – é de chuva para esse domingo em Paragominas. E agora?


Vítima do gramado encharcado da Arena Verde, o Clube do Remo sofreu derrota para o Paragominas na quinta rodada do segundo turno por 1x0. Á época, reclamou-se muito que o toque de bola do clube foi prejudicado pelo gramado truncado e que o próprio gol que definiu a partida, teria se beneficiado da grama molhada com a bola escorregando mais rápido que o normal e enganando o goleiro.


O zagueiro Henrique, titular naquela e possivelmente hoje, afirma que são águas passadas. “O que passou passou. Prefiro pensar em um jogo de cada vez. Agora é outra partida e vamos entrar mais atentos em campo, já considerando qualquer situação do gramado. É claro que prejudica a troca de passes, mas quem quer ser campeão precisa superar essas adversidades”, afirmou o zagueiro. O zagueiro afirma que a estratégia do Remo é chegar ao gol primeiro e jogar a pressão para os adversários.


Do lado do Paragominas, os atletas são unânimes em afirmar que há um certo exagero nas reclamações com o gramado. “Jogamos esta quarta debaixo de uma chuva pesada e o gramado do Mangueirão ficou tão ruim ou pior que o daqui quando chove. Enfrentamos gramado ruim e pressão da torcida lá e não reclamamos, não acho justas as reclamações”, afirmou o zagueiro San. Já o lateral Magno faz coro com o zagueiro. “Não é diferente jogar aqui em dia de chuva ou lá no Mangueirão. A diferença é que a torcida vai estar ao nosso lado”, disse o lateral.


O presidente do Paragominas, Jorge Coqueiro, afirma reconhece algumas das dificuldades no gramado. “A Arena Verde sofre de alguns problemas de drenagem e em dias de chuva forte acabam se formando poças de água em pontos do gramado. Foi pensando em preservar o gramado para a partida que retiramos os treinos do Paragominas do estádio essa semana”, afirma o dirigente, dando conta também que gramado recebeu melhorias para receber menos impacto das chuvas durante a partida. Vamos aguardar e torcer para São Pedro dar uma mão e propiciar um bom espetáculo.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS