Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Nem tudo está perdido para o Paragominas

quinta-feira, 02/05/2013, 06:30 - Atualizado em 02/05/2013, 06:30 - Autor:


O furacão do interior, Paragominas Futebol Clube, time mais regular, apregoou durante a semana que a ambição é conquistar o título e a vaga para a Série D. Apresentando um futebol ofensivo no segundo turno, o time prometia, mesmo jogando com a vantagem de empatar no placar agregado, partir pra cima dos donos da casa. E mesmo atuando com cinco desfalques, o time manteve a dinâmica. Com Rubran atuando como um falso volante, a equipe lançou uma linha de três zagueiros e montou triangulações rápidas entre alas, meio-campo e ataque, que surpreendeu o Leão Azul. Foram cinco chances de gol no primeiro tempo que fizeram a espinha do torcedor azulino gelar no Mangueirão. 


No discurso dos atletas do Jacaré, essas chances perdidas definiram o resultado final. “Acho que no total tivemos até mais oportunidades que o Remo, na partida, mas não marcamos. Jogando contra times grandes esse é um pecado que não se pode cometer” afirmou o lateral direito e esquerdo Magno. O volante Paulo de Tarso repete o discurso do companheiro. “Tivemos muitas chances e perdemos, por preciosismo ou mérito deles. Em uma falha coletiva do time, eles tiveram uma chance clara e fizeram” disse o volante.


A derrota, no entanto, notadamente não desanimou o grupo de jogadores do Jacaré. Paulo de Tarso, por exemplo, é otimista para o jogo de volta. “Jogamos fora de casa, com um gramado ruim e contra a arquibancada lotada. Apesar de toda essa pressão, fizemos uma grande exibição. Tenho certeza que jogando em casa vamos conquistar a vitória” disse o volante.


O lateral Rondinelli, que saiu de campo com lesão séria no braço, se diz ansioso para disputar o jogo de volta. “Já falei pro departamento médico que eles vão precisar fazer alguma coisa logo no meu braço, porque eu não quero ficar fora desse jogo”.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS