Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Remo vence e precisa de um empate para ser campeão

quarta-feira, 01/05/2013, 19:49 - Atualizado em 01/05/2013, 19:52 - Autor:


O Clube do Remo não fez uma grande partida, mas venceu o Paragominas por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (1º) no estádio Mangueirão, neste que foi o primeiro confronto entre as equipes pelas finais do segundo turno do Campeonato Paraense.


Com o resultado, o Leão precisa de um empate no segundo jogo para chegar à grande final do Parazão contra o Paysandu. O Jacaré se sagra campeão do turno com uma vitória simples por 1 a 0.


Paragominas e Remo se enfrentam novamente – no jogo de volta da final – no domingo (5), às 17h, no estádio Arena Verde, em Paragominas, Sudeste do Pará.


O JOGO


O Remo iniciou o jogo para cima do adversário, mas só conseguiu chegar com perigo aos sete minutos. Val Barreto foi lançado na direita do ataque, dominou e cruzou para a área. Leandro Cearense dominou a bola, girou e chutou fraco para a defesa de Maucky Douglas.


Durante o restante da primeira etapa o jogo se resumiu ao Remo tentando chegar no campo de ataque sem êxito e o PFC chegando com perigo no contra-ataque. Porém, o lance mais perigoso do primeiro tempo foi do Jacaré.


O atacante Aleílson recebeu bola na frente, passou por dois zagueiros remistas e chutou colocado no canto esquerdo de Fabiano. O goleiro azulino estava morto na jogada, mas a bola passou muito perto do gol.


2º TEMPO


O Leão novamente começou o segundo tempo pressionando. Apesar do volume de jogo, o primeiro lance perigoso saiu somente aos cinco minutos. Alex Ruan tabelou com Val Barreto e chutou da entrada da área. A redonda passou muito perto do gol de Maicky Douglas.


A primeira resposta do PFC saiu somente aos 15 minutos. No contra-ataque, Paulo de Tarso recebeu a bola na entrada da área e chutou para a defesa tranqüila de Fabiano. O Jacaré teve mais duas boas chances com bolas levantadas para área, aos 20 e 24 minutos.


Depois de pegar sufoco, o Remo conseguiu enfim fazer o único gol da partida com dois jogadores que saíram do banco de reservas para ajudar o time. Aos 27 minutos, Thiago Galhardo lançou para Branco, na área, que chutou de primeira e cruzado e abriu o placar. A bola ainda fez uma curva antes de entrar no fundo do gol.


Logo depois do gol azulino, o PFC teve duas chances claras de marcar. Aos 33 minutos Beá cabeceou da marca do pênalti e a bola passou raspando a meta de Fabiano. Aos 34 minutos, Fabiano salvou chute de Adriano Miranda da pequena área.


Após estes lances de perigo, o confronto deu uma esfriada e os times não arriscaram muito no ataque.


AUSÊNCIAS 


O técnico Flávio Araújo terá problemas para o segundo jogo: os volantes Nata e Gerônimo receberam o terceiro cartão amarelo e estão fora do segundo duelo contra o Jacaré. Ao mesmo tempo, Jhonnatan voltará ao time titular.


O PFC não perdeu nenhum jogador que estava pendurado e contará com a volta do volante Ilaílson e o meia Marquinhos, que estavam suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Uma perda para o jogo de volta pode ser o lateral-direito Rondinele, que saiu de campo com o ombro deslocado.


RENDA


O ponto alto da partida foi a participação da torcida do Leão. Pagaram ingressos exatamente 29.911 pessoas, gerando uma renda de R$ 296.641,00 aos cofres azulinos.


(Felipe Melo/DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS