Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Parazão será discutido no Tribunal nesta sexta

quarta-feira, 10/04/2013, 06:36 - Atualizado em 10/04/2013, 06:36 - Autor:


A paralisação que tanto vem atormentando os clubes, a federação e os torcedores do Campeonato Paraense pode finalmente chegar ao seu fim. Pelo menos agora já tem uma data marcada para que os recursos sejam julgados. Às 17h de sexta-feira (12), uma sessão extraordinária será realizada no Tribunal de Justiça Desportiva do Pará para poder definir o futuro da competição. 


Existem duas ações que serão julgadas: o mandado de garantia e a anulação da sétima rodada. Recursos movidos pelo Santa Cruz de Cuiarana, que se sentiu prejudicado com a mudança do local do jogo contra o Paysandu na sétima rodada do segundo turno - saiu de Cametá (Parque do Bacurau) para Belém (Mangueirão), embora o advogado da FPF insista na tese que a partida nunca tenha sido marcado para Cametá. 


Para que o campeonato possa voltar, basta que o mandado de garantia seja derrubado pelo tribunal. Caso as ações se mantenham, a Federação paraense de Futebol ainda pode recorrer ao STJD, em Brasília.


O vice-presidente da FPF, José Ângelo Miranda, acredita que o campeonato já possa retornar na semana que vem “Acredito sim, que podemos sair com um resultado positivo nessa sexta, que é o que queremos. Caso isso não aconteça, já temos tudo preparado para ir à Brasília recorrer ao Supremo”, afirmou.


Mesmo com todo o otimismo, a FPF não sabe ainda como lidar com a data de jogos. Remo e Paysandu jogam no meio da semana, o que impede a volta do futebol paraense ainda na segunda-feira (15), mesmo para Tuna e Paragominas. “Nós queremos voltar com os jogos o mais rápido possível, mas com a Copa do Brasil na quarta fica inviável. Não vamos colocar Paragominas e Tuna tão separados assim. O mais certo é que sejam jogos no sábado e no domingo, como antes, mas só quem pode dar certeza sobre isso é o Paulo Romano (diretor da FPF)”, revelou o vice-presidente. 


Procurado pelo Bola, Paulo Romano não foi encontrado para dar declarações sobre possíveis datas das semifinais.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS