Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Tuna e Paragominas focam só no regional

quarta-feira, 03/04/2013, 07:14 - Atualizado em 03/04/2013, 07:14 - Autor:


Das quatro equipes que restaram na fase final do Campeonato Paraense, duas estão na Copa do Brasil e disputam suas partidas nos intervalos das semifinais do Parazão. Remo e Paysandu dividirão suas atenções entre o possível título regional e a oportunidade de avançar na competição nacional, conhecida por ser um lar de zebras e resultados surpreendentes. Com isso em mente, Tuna e Paragominas observam os adversários em circuito nacional, para analisar os jogos e também torcer para que eles deem prioridade para isso ao invés do Estadual.


Mas, para a Lusa, ao menos por enquanto, a hora não é de pensar em adversários distantes, mas de saber o que o Paragominas planeja para a manhã de domingo. Seguindo com seus treinos, a Águia do Souza quer resolver tudo dentro de campo. “Não temos tempo para ficar pensando com quem Remo e Paysandu enfrentam fora daqui. O importante é saber dos resultados da semifinal e o modo como essas equipes se enfrentam. A Copa do Brasil é outra competição, outro estilo de jogar e nós não devemos nos espelhar por ela. Foco agora é Paragominas e depois Remo e Paysandu”, afirmou o técnico Cacaio.


Para Charles Guerreiro, técnico do PFC a Copa do Brasil não é a preocupação número um, mas deve ser observada. “Claro que existe uma disparidade entre os adversários que Remo e Paysandu enfrentam, mas é importante ver como esses times vão se portar diante disso. Uma vitória pode mudar o psicológico de ambos e isso é um fator que pode pesar muito na hora de jogar. A Tuna vem primeiro e a dupla da capital logo em seguida, temos que ficar de olho”, afirmou Charles.


Sobre o jogo de hoje entre Remo e Flamengo, o ex-jogador do Urubu admitiu o momento ruim do time carioca, mas lembra que a camisa pode pesar. “O clima no Flamengo hoje é bem turbulento, mas temos que lembrar da história do time e de tudo que ele já conquistou. Claro que a equipe do Remo pode sair de casa com a vitória, mas não pode esperar moleza por parte dos cariocas. Acredito que vá ser um bom jogo de se ver”, concluiu Guerreiro.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS