Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Tuna na semifinal e vive risco de rebaixamento

sábado, 30/03/2013, 06:26 - Atualizado em 30/03/2013, 06:27 - Autor:


E com a classificação às semifinais, segue a dual luta da Tuna Luso. Ao passo que, como quarta colocada no segundo turno se credencia a lutar pelo título da Taça Estado do Pará, por outro lado segue em penúltimo na colocação geral, estacionada com 11 pontos. Uma vitória nos dois jogos que restam pode até não garantir o time na final do turno, mas garante a fuga do rebaixamento. Chegar à decisão, no entanto, também marcaria a primeira disputa de troféu da Tuna desde que foi vice-campeã paraense em 2007, o que seria um feito e tanto para uma equipe tão desacreditada.


Para o técnico Cacaio, no entanto, a coisa pode ser resumida de forma simples. “Precisamos vencer. Vencendo escapamos do rebaixamento e vencendo bem podemos chegar um objetivo maior. Só não podemos deixar escapar vitórias como fizemos esse turno”, define o comandante cruzmaltino.


Cacaio acredita que sua equipe poderia ter pontuado e garantido a permanência na elite, se não desperdiçasse a chance de empatar com o Remo, na segunda rodada, e terminasse pontuando os jogos contra Cametá e Paragominas, onde saiu na frente e sofreu a virada. “Erramos até onde podíamos nesse turno. Daqui pra frente é preciso sermos mais atentos. A vitória na Arena Verde escapou por detalhes e falta de atenção”, definiu o treinador.


O primeiro jogo para definir o destino da equipe na competição é no domingo (7), contra o mesmo Paragominas – possivelmente no estádio do Souza. Devem voltar a ser opções para o técnico cruzmaltino o zagueiro e capitão Preto Barcarena, que cumpriu suspensão na última rodada, e o lateral direito Sinésio, que vem se recuperando de lesão.


“Temos uma semana para ajustar os ponteiros e conseguir a vitória diante do Paragominas”, planeja o atacante Daniel Papa Léguas.


Comandante do Azulão explica o lado bom da queda


“O Campeonato Paraense é um dos únicos campeonatos do Brasil onde uma equipe rebaixada pode ser campeã no mesmo ano”, comentou o técnico João Galvão, logo após a confirmação do rebaixamento do Águia de Marabá à primeira fase do Parazão 2014. O técnico considera que o Azulão Marabaense deve chegar à disputa no final do ano embalado no ritmo de disputa da Copa do Brasil e Série C, demais torneios que o time disputar em 2013.


“É claro que é triste cair, mas ao mesmo tempo, essa queda pode ser uma oportunidade para começar o trabalho mais cedo e vir com outra postura para o próximo Parazão, com um time consolidado e moral de campeão”, diz o técnico.


O time marabaense não vai ter muito tempo para ficar lamentando o rebaixamento. Na próxima quarta-feira (3), a equipe já entra em campo contra o Nacional-AM pela Copa do Brasil e depois deve iniciar a disputa, pelo sexto ano seguido, da Série C.


João afirma que espera contar com um apoio mais intenso da Prefeitura de Marabá e que, apesar dos reforços, a base construída no Parazão não deve ser desfeita.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS