Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Remo não quer pensar na tabela, só quer treinar

quarta-feira, 27/03/2013, 05:46 - Atualizado em 27/03/2013, 05:49 - Autor:


Tentando ficar alheio ao problema de última hora envolvendo a tabela do Campeonato Paraense, o Clube do Remo segue firme nos seus treinamentos para a partida decisiva contra o Águia de Marabá, em princípio confirmada para esta quinta-feira, às 20h30, no estádio Baenão, em Belém. Prova disso foi o treinamento de ontem. Saindo de Belém e rumando até o Campo do Deca, em Benfica, quando o técnico Flávio Araújo comandou um coletivo, buscando a definição da equipe e na expectativa do jogo acontecer nesta quinta-feira mesmo.


Afinal, independente de data, a verdade só é uma para o Leão Azul: é preciso vencer ou vencer. Sabendo que o time precisa de uma postura mais ofensiva, Flávio cortou um zagueiro do time e acrescentou um meio-campista. Dessa forma, o sistema de 3-5-2 fica para trás e o 4-4-2 volta à cena. A grande novidade dessa formação é a entrada do meia Diogo Capela, que já havia ganhado a preferência do técnico azulino desde que entrou contra o São Francisco, na rodada passada, no segundo tempo da partida.


Agora, Capela ganha a oportunidade de começar como titular ao lado de Thiago Galhardo. A dupla, por sinal, tem a difícil missão de organizar a ‘meiuca’ bagunçada da equipe, um dos setores em crise. O outro meia, Clébson, perdeu lugar depois de duas oportunidades e deverá ficar como opção para o banco de reservas. 


No mais, apenas as substituições naturais em virtude das suspensões por cartões amarelos. Saíram o zagueiro Henrique e o volante Jhonnathan para dar entrada a Carlinho Rech e Nata, respectivamente. 


A formação final ficou assim: Fabiano; Walber, Carlinho Rech, Zé Antônio e Berg; Nata, Gerônimo, Diogo Capela e Thiago Galhardo; Fábio Paulista e Leandro Cearense.


Ansiedade só tem aumentado


A notícia de todo o desdobramento e até mesmo um possível adiamento da última rodada da fase de classificação da Taça Estado do Pará, só faz a ansiedade do elenco do Clube do Remo aumentar. Precisando a todo custo de um único resultado - a vitória -, o elenco azulino quer mais que o dia do jogo chegue e o sonho da classificação se concretize.


“É uma rodada de vida ou morte para a gente. Então, estamos aguardando-a com esperança e vontade de vencer o time do Águia, para acabar logo de uma só vez esse tempo ruim que estamos enfrentando”, afirma o lateral-esquerdo Berg. 


“Vai ser um jogo para quem tem pulso firme e sabe jogar por pressão. Estamos vindo de três resultados negativos e essa é a nossa quarta e última chance. A pressão do torcedor vai ser grande. Qualquer falta de concentração e nervosismo pode atrapalhar. Tenho certeza de que o professor Flávio só vai colocar os preparados”, confia o lateral. 


O goleiro Fabiano garante que o grupo está preparado, seja quando for. “Nós estamos treinando normalmente e preparados. Independente de quando for, para a gente, a partida contra o Águia é decisiva”, assegura o arqueiro.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS