Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Lecheva tem que chamar a atenção do time

terça-feira, 26/03/2013, 09:18 - Atualizado em 26/03/2013, 09:18 - Autor:


Depois de lutar bravamente para conquistar o título do primeiro turno do certame estadual, o técnico do Paysandu, Ricardo Mendes, o Lecheva, garantiu que o grupo não sossegaria enquanto não levantasse a taça do 2º turno, e o consequente troféu de Campeão Paraense. Mas após dois empates desgastantes, que lhe valeram a perda da liderança do returno, a bronca comeu geral nos bastidores e quem participou garante que houve a puxada de orelha do técnico.


“Houve uma cobrança normal. Ele enfatizou esse jogo (contra a Tuna), com inadmissível. Eu mesmo, como atleta, saí dele e me senti envergonhado com a atuação do grupo. Mas a cabeça não está baixa não, as dificuldades são para ser vencidas. Ele puxou a nossa orelha, todos acataram os conselhos porque sabem da responsabilidade que carregamos com esse time e com essa torcida”, revela João Neto.


João Neto está pendurado com dois cartões amarelos ao lado de Ricardo Capanema e Raul. “A gente realmente fica mais atento. Não podemos tomar mais um cartão, e já são dois jogos pendurado. Mas eu estou com essa consciência que não posso tomar cartão, fazer uma falta mais dura. Pra não ter que, primeiro, não prejudicar a equipe e nem ficar de fora, que é um objetivo meu mesmo não estar fora da semifinal”.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS