Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Clubes mantém parceria com torcidas organizadas

quinta-feira, 14/03/2013, 05:25 - Atualizado em 14/03/2013, 05:25 - Autor:


Após uma longa discussão pública sobre o papel das torcidas organizadas dentro dos estádios, principalmente considerando o histórico de casos de violência e depredação que levaram a uma posição mais rígida do Ministério Público, as reuniões de organização do Re x Pa deste próximo domingo trouxe novidades. Após assinarem documento se comprometendo a não vender ingressos subsidiados às organizadas, as diretorias de Remo e Paysandu apresentaram uma flexibilização da decisão, que foi acatada pelo MP.


As torcidas Organizadas regularmente cadastradas receberão carga específica de ingresso, com 50% de desconto, e poderão entrar com suas baterias e bandeiras novamente no estádio desde que não promovam gritos de incitação à violência. Os representantes de Remo e Paysandu justificaram a solicitação afirmando que o Juizado do Torcedor tem feito o trabalho de separar os mau intencionados dos cidadãos de bem e que as organizadas fazem parte da festa dentro do estádio.


Diante da insistência do pedido, cuja principal parte interessada eram os próprios clubes, o Ministério Público acatou o pedido. A cessão dos ingressos subsidiados e liberação das baterias e camisas recua a medida cautelar imposta há pouco menos de um mês, que impedia cinco organizadas de comparecer aos estádios. Permanecem as restrições apenas às extintas Remoçada e Terror Bicolor.


O promotor Domingos Sávio disse não compreender a exigência do torcedor organizado de receber benefícios para apoiar seu time. “Se eles realmente são tão apaixonados pelo clube e querem ajudar porque não pagam seu ingresso normalmente como fazem os demais torcedores? Só no primeiro Re-Pa do ano foram cerca de 26 mil reais que a dupla Re-Pa deixou de faturar. Mas se os clubes dizem que esse valor não fará falta, não cabe ao Ministério Público questionar isso”, afirmou Sávio.


Ingressos já podem ser adquiridos 


Sem alardes, ainda com o barulho da terceira rodada da Taça Estado do Pará, a cidade aos poucos começou a entrar no clima de mais um clássico Re-Pa. 


A venda de ingressos para o Re-Pa deste domingo começou na rede de farmácias Big Ben no final desta quarta-feira e, segundo nota emitida pela assessoria de imprensa do Paysandu, clube mandante da partida e responsável pela venda de ingressos, tem continuidade hoje com a venda nas bilheterias de Baenão e Curuzu e sede da FPF e Remo. 


O esquema de vendas será parecido com o dos últimos clássicos. Uma mudança é que a distribuição de gratuidades será realizada apenas na hora da partida. Torcedores azulinos e bicolores com direito à gratuidade deverão procurar os portões A3 e B3 do Mangueirão a partir das 14h munidos de documento de identificação e/ou comprovação de deficiência (no caso de pessoas com deficiência).


Para o jogo, a Polícia Militar vai disponibilizar um efetivo de 25 motocicletas exclusivamente para acompanhar a movimentação das torcidas organizadas até o estádio e garantir que não hajam confrontos em via pública. “Nossa ação se iniciará desde Santa Izabel e do bairro do Jurunas e vai envolver todas as vias que dão acesso ao Mangueirão” disse o comandante do Policiamento da Capital, Roberto Campos. A PM disponibilizará um efetivo de 954 homens para a segurança do jogo.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS