Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Ex-azulinos reencontram torcida no Baenão

quarta-feira, 13/03/2013, 10:30 - Atualizado em 13/03/2013, 11:13 - Autor:


Num passado nem tão distante, dois personagens do jogo desta noite (13), e que já vestiram a camisa azulina, terão a oportunidade de reencontrar a torcida do Leão azul atuando pelo Cametá, às 20h30, no estádio Evandro Almeida, o Baenão. 


Hoje defendendo as cores do Mapará, atual campeão paraense, Velber e Landu já tiveram momentos importantes com a camisa do Clube do Remo. O “risadinha”, como é conhecido no futebol paraense, não perdeu a simpatia dos azulinos ao defender as cores do maior rival, Paysandu. Vélber sempre demonstrou respeito ao Remo mesmo saindo do clube por motivos de desentendimentos financeiros com a diretoria da época. “Acho que a torcida vai nos tratar bem. Apesar de tudo que passou, há torcedores que sabem diferenciar as coisas. Defendo a camisa do Cametá e sou profissional. O tratamento que recebo nas ruas de todos os torcedores é positivo. Espero que isso se confirme hoje à noite no Baenão”, comentou Vélber. 


Landoaldo Gomes dos Santos, o folclórico Landu, sempre foi um dos grandes xodós da tocida remista. Irreverente, o atacante protagonizou momentos de assuntos extra-campo que permanecerão para sempre na memória dos azulinos. Entre os episódios mais descontraídos está o Re x Pa da final do segundo turno do Campeonato Paraense de 2007 em que Landu marcou o seu primeiro gol no Superclássico da Amazônia. Após marcar, saiu correndo, chutou a bandeira de escanteio e a mochila de um cinegrafista, e acabou quebrando parte dos equipamentos. Este fato ganhou repercussão nacional. 


(Ronald Sales/DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS