Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Cearense e Adriano estão livres para jogar

quinta-feira, 07/03/2013, 18:31 - Atualizado em 07/03/2013, 19:08 - Autor:


No fim da tarde desta quinta-feira (7), na Federação Paraense de Futebol (FPF), ocorreu o julgamento do atacante remista Leandro Cearense e do goleiro do azulão, Adriano. Os dois jogadores protagonizaram cenas de violências no jogo entre Águia e Remo, no primeiro turno do Campeonato Paraense.


Leandro Cearense agrediu Adriano com um soco no rosto, após o goleiro segurar os pés do lateral remista Zé Antônio. Adriano revidou a agressão e ambos foram expulsos de campo. No julgamento, estavam presentes para defender o Leandro, o zagueiro Carlinhos Rech e o atacante Paulista. Já pelo lado de Adriano estavam Ferreirinha, presidente do Águia, e João Galvão, técnico do Azulão.


Não houve julgamento. Os jogadores aceitaram a proprosta do Ministério Publico Estadual (MPE), na qual Leandro Cearense irá doar 50 pacotes de fraudas, cinco cestas básicas, além de doar sangue. A penalidade de suspensão de um jogo também está no acordo, e já foi cumprida. Do outro lado, Adriano terá que doar 25 pacotes fraudas, três cestas básicas e também já cumpriu a suspensão de um jogo.


Os jogadores terão que fazer a doação das cestas e dos pacotes de fraudas pessoalmente, nas instituições. “Como eu estou em Marabá, minhas doações serão feitas lá”, revelou o goleiro. (Bruna Dias/DOL com informações da Rádio Clube do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS