Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Re x Pa: é preciso acertar detalhes da organização

quarta-feira, 27/02/2013, 04:32 - Atualizado em 27/02/2013, 04:32 - Autor:


A organização do último Re x Pa significou uma grande evolução, mas não foi uma vitória plena. Essa é a conclusão que chegaram os participantes da reunião, ocorrida na tarde de ontem, que envolveu o Ministério Público e demais entidades envolvidas na organização do próximo clássico. “Fomos procurados por federações de outros estados para saber mais sobre o esquema de segurança que organizamos, pois não houve nenhuma depredação ou caso de violência, no entanto, ainda estamos apanhando de detalhes como um chave, um cadeado ou uma placa” definiu o promotor público Domingos Sávio.


O representante do corpo de bombeiros destacou que o fato das chaves para os cadeados do Mangueirão ficarem nas mãos de funcionários da Seel é prejudicial. Ele apontou que havia uma quantidade grande de portões trancados durante o jogo e geralmente apenas um funcionário tinha acesso às chaves que os abriam. Para os bombeiros, não há como esperar que um funcionário atravesse as instalações dos estádios para começar a liberar, uma a uma, as saídas de emergência do estádio em situações de pânico. “A verdade é que falta vontade política por parte da Seel de liberar integralmente o estádio para a organização das partidas” afirmou Sávio.


Entre outros detalhes que foram elencados e precisam de solução, estão a falta de sinalização no Mangueirão, o excesso de viaturas dentro da área do estádio e a organização dos vendedores ambulantes que comprometem vagas no estacionamento e a falta de banheiros químicos à disposição do público. A reunião foi concluída com o comprometimento de providenciar a instalação de banheiros químicos dentro e fora do estádio, da liberação de vagas no estacionamento com remanejamento de viaturas e vendedores e da produção de Banners para servir de orientação visual e indicar os portões certos aos torcedores.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS