Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Leão empata com Papão no final e garante vantagem

domingo, 24/02/2013, 18:55 - Atualizado em 24/02/2013, 19:58 - Autor:



Paysandu e Clube do Remo empataram em 1 a 1 na tarde de domingo (24), no estádio do Mangueirão. Esta foi a primeira partida da final do primeiro turno do Campeonato Paraense 2013, valendo a Taça Cidade de Belém.


Com o resultado, o Leão manteve a vantagem de jogar por dois resultados iguais e com um novo empate poderá ser o campeão do 1º turno do Parazão.


Os dois times disputam o segundo jogo da final no próximo domingo (03/03), às 16h, no mesmo estádio. Quem conquistar o título garante vaga antecipada na Copa do Brasil em 2014.


No primeiro tempo, o Leão esteve melhor, com mais oportunidades de gols. O primeiro lance de perigo saiu logo aos quatro minutos: Thiago Galhardo bateu escanteio para a área do Paysandu e Zé Antônio desviou para a grande defesa de Zé Carlos.


O Remo pressionou bastante, mas sem levar perigo. Somente aos 22 minutos o Leão voltou ameaçar com Leandro Cearense, que chutou de fora da área, mas a bola passou por cima do travessão do gol de Zé Carlos.


Um dos primeiros lances do Papão só ocorreu aos 27 minutos, quando Eduardo Ramos lançou para Djalma, que tocou para Rafael Oliveira escorar para o fundo do gol. O árbitro, porém, já havia marcado o impedimento de Djalma.


O gol bicolor saiu aos 34 minutos, durante um contra-ataque. O meia Eduardo Ramos lançou para João Neto, na esquerda, que bateu de primeira para marcar. O goleiro Fabiano não teve chance para defender.


Depois do gol, o Papão acalmou o ímpeto azulino e voltou a segurar mais a bola no campo de ataque, sem voltar a assustar o goleiro Fabiano.


Antes de terminar a etapa inicial, o Leão ainda teve chance de empatar com Paulista. Aos 44 minutos Jhonnatan tabelou com Galhardo e tocou para Paulista chutar da entrada da área. No entanto, Zé Carlos fez grande defesa, no susto.


2º TEMPO


O Clube do Remo começou o segundo tempo no mesmo ritmo da etapa inicial e logo no primeiro minuto chegou com Berg assustando. Walber cruzou para a área e após o rebote o lateral-esquerdo chutou forte para a defesa de Zé Carlos.


Aos dois minutos, Berg cruza para a área do Papão e Leandro Cearense cabeceou para outra grande defesa de Zé Carlos.


O Bicola, então, respondeu aos três minutos com Rafael Oliveira. Yago Pikachu cruzou para o atacante cabecear, com Fabiano defendendo em dois tempos, apesar de o árbitro já ter marcado o impedimento.


Depois dos 10 minutos o Paysandu partiu para cima e começou a pressionar o Remo. Aos 11 minutos, João Neto passou por três zagueiros remistas e deixou para Eduardo Ramos chutar de fora da área, assustando mais uma vez o goleiro Fabiano.


Aos 29 minutos, Iarley recebeu a bola vindo de trás, girou e cruzou para João Neto. O atacante chutou para a defesa de Fabiano. Antes disso, porém, o Bicola não deixou o Remo chegar no campo de ataque.


O melhor lance do Leão no segundo tempo saiu dos pés de Val Barreto, o Valotelli. Ele passou por Rodrigo Alvin com velocidade e bateu cruzado, mas Branco não conseguiu chegar na bola.


Logo depois, aos 38 minutos, Iarley foi lançado na área por Djalma, mas também não conseguiu chegar na bola.


Com 44 minutos de jogo, o Papão foi para o ataque novamente com Iarley e ganhou escanteio. Na cobrança, a bola sobrou para Djalma que chutou forte, obrigando Fabiano a fazer outra boa defesa.


Quando a torcida bicolor comemorava a vitória, o Remo empatou ao 45 minutos. Ramón cobrou escanteio para a área, Mauro dividiu com a zaga bicolor e a bola sobrou para Zé Antônio chutar e fazer o gol.


Depois do gol remista não houve tempo para mais nada e a torcida do Remo fez a festa no Mangueirão.


RENDA


A diretoria do Paysandu, responsável administrativo pelo primeiro clássico da final da Taça Cidade de Belém do Campeonato Paraense 2013, divulgou, cerca de 20 minutos antes do início da partida no Mangueirão, a renda e o público pagante do clássico entre Papão e Leão: 33.668 pessoas, gerando um saldo de R$ 909.600,00. Com os 2.610 credenciados, o público total do jogo foi de 36.278.


(Felipe Melo/DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS