Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Santa Cruz também vai reclamar da arbitragem à FPF

quarta-feira, 06/02/2013, 20:09 - Atualizado em 06/02/2013, 20:12 - Autor:


Após os árbitros da partida entre Paysandu e Tuna serem colocados na geladeira e o Remo prometer medidas contra o árbitro da partida contra o São Francisco, chegou a vez do Santa Cruz de Cuiarana reclamar da arbitragem.


Segundo informou com exclusividade à reportagem do DOL o diretor do Tigre do Salgado Zezinho, o clube de Cuiarana vai enviar um ofício para a Comissão de Arbitragem da Federação Paraense de Futebol (FPF) cobrando providências quanto a arbitragem dos seus jogos.


“Nosso time foi prejudicado lá em Paragominas quando desmarcaram um gol legítimo nosso. Quarta vencemos o Cametá, mas também fomos prejudicados. Durante a Segundinha e a 1ª Fase (do Parazão) nós achamos que a arbitragem foi normal, mas agora estão nos prejudicando muito e isso não vamos aceitar. Na quinta-feira (7), vamos enviar documento pedindo que seja feita uma melhor escolha na arbitragem, porque se a gente não reclamar eles pensam que podem fazer o que quiser com o nosso time”, disparou o dirigente.


Ainda segundo Zezinho, caso não haja melhora na arbitragem dos jogos do Santa, outras medidas serão tomadas. “Essa é só uma medida de advertência para a comissão, mas se continuarmos sendo prejudicados vamos exigir árbitros de fora (do Pará)”, definiu.


O presidente da Comissão de Arbitragem da FPF, José Guilhermino de Abreu, prometeu fazer reciclagem com os árbitros que participaram do jogo entre Paysandu e Tuna - Andrey da Silva e Silva (árbitro), Diorgenes Menezes Serrão (auxiliar), Isaac Cunha Araújo (auxiliar) e Joquetan Moreira Guimarães (quarto árbitro).


Sobre os árbitros do jogo entre Remo e São Francisco - árbitro: Nadilson Souza dos Santos, auxiliar 1: Hélcio Araújo Neves, auxiliar 2: Alessandro Guerra Alexandre e 4º árbitro: Raimundo Nonato Campelo Conceição -, Guilhermino declarou que não recebeu nenhum pedido oficial do Remo, mas que os mesmos podem entrar em um processo de reciclagem também.


(Felipe Melo/DOL) 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS