Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Pirão não acredita na perda de mando remista

segunda-feira, 04/02/2013, 10:59 - Atualizado em 04/02/2013, 11:33 - Autor:


Em entrevista à Rádio Clube do Pará na manhã de hoje (04), o vice-presidente do Clube do Remo, Zeca Pirão, se disse otimista em relação à manutenção do jogo contra o Flamengo na capital paraense valendo pela primeira fase da Copa do Brasil 2013. 


A comissão formada por advogados tenta viabilizar a liberação do mando de campo remista e dos jogadores que foram punidos em seus clubes anteriores para serem liberados a jogar a primeira partida em Belém. 


Segundo o dirigente, o meia Thiago Galhardo já poderá atuar, pois o Remo pagou uma multa no valor de R$ 12 mil reais para contar com o atleta para esta partida. O lateral Berg, também suspenso, está sendo assistido pelo mesmo advogado e tem boas chances de ser liberado. 


O Remo foi punido com a perda de 4 jogos quando jogou no Mangueirão contra o Mixto-MT no dia 9 de setembro, pelas oitavas de finais da Série D. Os torcedores atiraram artefatos proibidos contra os jogadores e foram denunciados na súmula do jogo ao fim da partida. 


O Remo acabou enquadrado no artigo 213, I e III, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por “deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir: desordens em sua praça de desporto e lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo”, com o agravante do parágrafo primeiro, na qual “a entidade de prática poderá ser punida com a perda de mando de campo de uma a dez partidas”.


(Ronald Sales/DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS