Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Remo tem que vencer pra ganhar folga

sexta-feira, 01/02/2013, 09:20 - Atualizado em 01/02/2013, 09:20 - Autor:


O Clube do Remo está 100% classificado para a fase semifinal do primeiro turno do Parazão 2013. O primeiro passe para chegar bem à disputa do título estadual começou a ser dado. Mas, para que tudo ocorra da melhor maneira, falta passar pelo São Francisco, na próxima segunda-feira, conquistando a sexta vitória consecutiva e a classificação em primeiro lugar. “Nossa cabeça não está em Flamengo, em Copa do Brasil. No momento, estamos pensando no São Francisco”, garante o zagueiro Carlinhos Rech.

Tanta determinação para vencer o Leão Santareno faz parte do planejamento traçado pela comissão técnica, antes mesmo do início do Parazão. Foi o que revelou o técnico Flávio Araújo, na tarde de ontem. Com a sexta vitória consecutiva, o treinador garante que dará folgas para os titulares e fará uma espécie de rodízio na equipe que enfrentará o Águia de Marabá, na última rodada.

“Vamos só comunicar o que já havíamos planejado antes do início do campeonato: se já estivermos classificados em primeiro lugar, teremos que pensar lá na frente, nas semifinais, nos jogos mais importantes. Vamos fazer um revezamento em relação aos jogadores que atuaram todos os jogos e os que tiverem dois cartões amarelos”, adianta.



GALHARDO E BERG

Mas quem já antecipou a sua “folga” foi o meia Thiago Galhardo. Depois de sair machucado do jogo contra o Paragominas na quarta-feira, o atleta se submeteu a exames no início da tarde de ontem. Os exames constataram que o meia está com uma lesão grau 2 na coxa direta e ficará por 10 dias em tratamento. Portanto, sem qualquer possibilidade de enfrentar São Francisco e Águia de Marabá, os dois últimos adversários dos azulinos na fase de classificação. Outro que acompanha o jogador é o lateral-esquerdo Berg. Ele também está com uma lesão e deve ficar o mesmo tempo no DM.


Técnico afirma que jogo com o Flamengo é boa oportunidade



Clube de Regatas Flamengo: time de primeira divisão, seis vezes Campeão Brasileiro, um título do Mundial de Clubes e inúmeros Campeonatos Cariocas. Enfrentar o Flamengo no primeiro jogo da Copa do Brasil, para muitos torcedores do Clube do Remo, pode ser visto com temor. Entretanto, para o técnico Flávio Araújo, o confronto com Mengo na estreia da Copa do Brasil, é visto como uma oportunidade.

“Futebol é oportunidade, como qualquer outra profissão da vida. Se é contra o Flamengo, é uma oportunidade de mostrarmos nosso potencial, nosso momento, e vamos encarar o Flamengo com toda confiança e personalidade, desejando, claro, fazer dois grandes jogos”, afirmou o treinador na entrevista coletiva da tarde de ontem. Flávio mostrou entusiasmo ao comentar a divulgação da tabela da Copa do Brasil.

O desempenho da equipe azulina até aqui no Parazão, parece ser a fonte dessa confiança transmitida por ele. “Acredito que podemos sim ser a surpresa dessa primeira fase, principalmente pelo bom momento e estabilidade que estamos vivendo. Isso fortalece a gente para enfrentar o Flamengo. Nosso time já mostrou que tem personalidade e pratica futebol competitivo”, analisa.

O zagueiro e capitão Carlinhos Rech, por sua vez, no primeiro momento, preferiu dizer que os jogadores ainda não estão pensando no adversário da Copa BR. “Nosso foco, no momento, é no Paraense. Na verdade, acho que ninguém está pensado nisso (Flamengo). Hoje em dia, não existe mais time grande, time pequeno. Claro que o Flamengo é time de grande tradição, mas nada é impossível”.

PROBLEMAS

No entanto, se o desafio de vencer o Flamengo é grande por si só, ele pode ficar ainda maior. Tudo porque, no ano passado, o Clube do Remo foi punido com quatro mandos de campo pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) - um torcedor jogou objeto no gramado, na partida contra o Mixto (MT), pela Série D do ano passado. Assim, o Leão terá que jogar o primeiro jogo contra o Mengo - mando azulino - longe de Belém. A diretoria do Leão tenta efeito suspensivo pelo menos para esse jogo. Tudo para não ‘perder’ a renda da partida.

Ontem mesmo, o presidente Sérgio Cabeça procurou Osvaldo Sestário, advogado de defesa dos clubes no STJD. No entanto, as notícias não são muito animadoras. Segundo Sestário, para conseguir um efeito suspensivo, o advogado teria que se basear em uma nova jurisprudência. “É uma situação complicada. Não seria um provimento legal, mas temos essa última cartada na manga”, explicou o advogado.

Caso não consigam até abril, mês do início da Copa do Brasil, os prováveis lugares que servirão de palco para o jogo será Santarém ou Paragominas. “É preciso escolher um local que não seja 100% Flamengo. Temos que escolher um lugar no Pará que pelo menos 70% da população seja Remo”, advertiu o técnico Flávio Araújo, que lamenta não poder jogar no Mangueirão.

Outro problema é referente aos atletas Branco, Mauro e Thiago Galhardo. Os três foram expulsos em competições nacionais em 2012 e precisão cumprir suspensão este ano. O caso de Galhardo, parece estar resolvido, segundo o próprio jogador revelou. “Paguei a multa e estou liberado”, avisa.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS