Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Samuel Cândido deixa Tuna e assume Mossoró

quinta-feira, 31/01/2013, 14:42 - Atualizado em 31/01/2013, 17:12 - Autor:


Depois de não conseguir vencer no Campeonato Paraense com a equipe da Tuna Luso, Samuel Cândido, resolveu deixar a equipe após a quinta rodada da competição. Na noite da quarta-feira (30), o time cruzmaltino foi derrotado pelo São Francisco, por 3 a 0, no Estádio Jader Barbalho, o Barbalhão.


Após a derrota, Samuel Cândido conversou com os atletas e colocou seu cargo a disposição. Ao chegar no hotel, Samuel conversou com Fabiano Bastos, presidente da Tuna, explicando que este seria o momento de deixar o time, o presidente pediu que o técnico se reunisse na tarde desta quinta-feira (31), na Vila Olímpica com a diretoria pra resolver sua situação com o time. “Nossa equipe tem evoluído, estamos jogando bem, mas infelizmente a bola não entra. Ontem, foi visível como a Tuna tem tido mais posse de bolas e produz mais em campo”, contou Samuel.


Hoje pela manhã, o técnico tunante recebeu mais uma ligação do presidente do Potiguar de Mossoró – RN. “Já havia recebido muitas ligações do Benjamin, presidente do time, e hoje pela manhã ele me ligou mais uma vez. Achei que esse era o momento de sair da Tuna, mas como prometido ia conversar com Fabiano”, disse Samuel.


Nesta tarde Samuel se reuniu com a diretoria cruzmaltina e resolveu deixar o cargo. “É um desgaste muito grande, tanto com a equipe quanto com o torcedor. Talvez quem venha agora tenha mais sorte na Tuna. Não tenho mais condições de ficar, gosto muito da Tuna e quero que o time tenha bons resultados”, falou.


Samuel Cândido já deixou a Tuna e a diretoria ainda busca o substituto para sua vaga. O treinador viaja neste sábado (2) para o Rio Grande do Norte. “Já deixei a Tuna. No domingo já tenho uma clássico com o Potiguar, vamos enfrentar o Baraúnas”, finalizou Samuel.


Fabiano Bastos revelou que ainda não tem o nome do próximo treinador. "Quero deixar claro que o Samuel saiu da Tuna por vontade própria, nós da diretoria apostamos nele e queriamos que ele ficasse, mas ele preferiu sair. A Tuna estará sempre de portas abertas para recebe-lo. Agora temos a difícil missão de achar um novo treinador a altura do Samuel. Vai ser difícil, mas estamos atrás", revelou o presidente tunante.


A Tuna enfrenta o Paysandu na sexta rodada, no próximo domingo (3), às 16h, no Estádio Leônidas Castro, a Curuzu. "Neste jogo o time será comandado pela comissão técnica", concluiu Fabiano.


(Bruna Dias/DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS