Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Esporte / Parazão

Parazão

Condicionamento físico do Remo preocupa

quinta-feira, 31/01/2013, 13:46 - Atualizado em 31/01/2013, 18:10 - Autor:


O Clube do Remo lidera o Campeonato Paraense 2013, com cinco vitórias em cinco jogos e 100% de aproveitamento. Em 2004, o Leão Azul conquistou o Parazão obtendo 14 vitórias em 14 jogos. Uma marca que os azulinos acreditam que possam atingir novamente. A cada partida o time azulino tem conseguido mais entrosamento em campo, mas no momento o que tem preocupado é o condicionamento físico dos jogadores, que parecem que andam sentido bastante.


No jogo de quarta-feira (30), válido pela quinta rodada do Parazão, o meia Thiago Galhardo sentiu dores na coxa direita e saiu de campo chorando, o volante Gerônimo saiu com câimbras de campo. “O Thiago sentiu dores na coxa direita, mas está lesão não é uma evolução da outra que ele havia sentido. Está é de grau um e o jogador já segue em tratamento. Semana que vem vamos fazer novos exames pra ver como a lesão regrediu”, contou Ricardo Ribeiro, fisioterapeuta do Remo.


“Já o problema do Gerônimo é o condicionamento físico. O atleta jogou quase uma partida inteira e sentiu, mas isso é desgaste fisiológico. Cada jogador sente de um jeito diferente. O problema dele é desgaste fisiológico, mas isso é corrigido rapidamente e a nossa equipe de fisiologista já vem cuidando disso”, disse Ricardo.


Os jogadores tem sentido bastante o ritmo de jogos do Remo, mas com um plantel de 37 jogadores Flávio Araújo, técnico do Leão, tem boas opções para fazer troca-troca na equipe. “Pela primeira vez no campeonato sentimos o ritmo de jogos, mas é explicado, foram cinco jogos muito intenso. Conversando com o Flávio decidimos dar uma sequência de repouso, com treinamentos mais regenerativos para recuperar a rapaziada”, explicou Pedro Henrique, preparador físico do Remo.


Muitas opções estão a disposição de Flávio, tem o volante Tragodara, o lateral-deireito Rodrigo Guerra e o meia Rámon, todos liberados pelo departamento médico. “A nossa preocupação agora são os atletas que não estão jogando, como conseguimos a classificação, o Flávio vai colocar os atletas que já estão liberados pelo departamento físico pra jogar, para ganhar ritmo. Pra chegarmos nas semi-finais com um time mais inteiro”, finalizou o preparador.


(Bruna Dias/DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS