Esporte / Pará

FORMAÇÃO TITULAR

Paysandu: time que ganha pouco se mexe!

Sábado, 16/03/2019, 07:34:01 - Atualizado em 16/03/2019, 16:03:32 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Paysandu: time que ganha pouco se mexe! (Foto: Jorge Luiz/ASCOM PSC)
Recuperado de uma lesão, Bruno Collaço pode ser surpresa na escalação bicolor (Foto: Jorge Luiz/ASCOM PSC)

Embora João Brigatti tenha feito experiências nos treinos de conjunto do Paysandu, são remotas as possibilidades de o treinador surpreender na escalação bicolor para o confronto com o Castanhal, amanhã, na Curuzu, pela 8ª rodada do Campeonato Paraense. O que se constata na “bolsa de aposta” alviazul é de que o comandante do Papão siga apostando na base que vem utilizando, com algumas mudanças pontuais, entre elas a volta do lateral-direito Bruno Oliveira, que cumpriu suspensão diante do São Francisco, até mesmo pelo fato de não contar com outro atleta especialista no grupo.

LEIA TAMBÉM: Elenco bicolor treina no 'clima' da partida

Quem aposta em surpresas na escalação do time assegura a volta de Bruno Collaço, que se recuperou de uma lesão no tornozelo esquerdo. Neste caso, Diego Matos, que há duas partidas aparece como titular, deixaria a formação. Outra “zebra” seria a escalação do volante Caíque Oliveira, que deixou recentemente o Departamento de Saúde do clube. O sacrificado, nesta situação, seria Jhony Douglas. Já a entrada de Alan Calbergue é dada como certa no lugar de Thiago Primão, que nos dois jogos que fez não conseguiu apresentar rendimento convincente.

COMO FICA

No mais, o Papão deverá ser o mesmo do jogo em que derrotou o São Francisco. A provável escalação, com as eventuais mudanças surpresas, seria Mota; Bruno Oliveira, Micael, Victor Oliveira e Diego Matos (ou Bruno Collaço); Marcos Antônio, Jhony Douglas (Caíque Oliveira) e Alan Calbegue; Nicolas, Paulo Rangel e Vinícius Leite. Hoje os bicolores encerram, no horário do jogo, às 10 horas, os preparativos para a partida em que os bicolores vão tentar chegar a oito partidas sem derrota.

DO BAGÉ-RS: ZAGUEIRO EMPRESTADO VOLTA PARA TRATAR SAÚDE

O zagueiro Alan Santos, apelidado de Pirulito, passou, ontem, por uma cirurgia no joelho. O jogador, cria do Paysandu, vinha jogando pelo Bagé-RS, clube no qual sofreu a lesão que o levou a cirurgia feita em uma clínica particular de Belém pelo médico Edilson Júnior. O atleta ficará de seis a sete mês em convalescença, portanto, afastado dos gramados. Caso o atleta se recupere com o contrato com o clube gaúcho ainda em vigor, ele retornará para o interior do Rio Grande do Sul, conforme explicou, ontem, o presidente Ricardo Gluck Paul.

“Do contrário, ele voltará a fazer parte do elenco do Paysandu, já que é um jogador do clube e está apenas emprestado ao Bagé”, detalhou o dirigente. Gluck Paul explicou ainda que o clube gaúcho vem pagando os salários do atleta e assim continuará até o final do empréstimo. O fato do jogador não ter recebido tratamento em seu atual clube foi comentado pelo presidente. “O Paysandu assumiu essa responsabilidade que não era nem nossa. O presidente do Bagé nos ligou e disse que estava sem condições de mandar fazer a cirurgia do Alan e nós pedimos que o atleta fosse mandado de volta para ser operado aqui em Belém”, detalhou.

(Nildo Lima/Diário do Pará)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL