Esporte / Pará

CHEGOU

Candidato a substituto de Cassiano já treina no Papão

Quinta-Feira, 19/07/2018, 07:59:25 - Atualizado em 19/07/2018, 07:59:25 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Candidato a substituto de Cassiano já treina no Papão (Foto: Fernando Araújo/Diário do Pará)
(Foto: Fernando Araújo/Diário do Pará)

O número é bem conhecido do torcedor, afinal de contas foi com o 39 nas costas que o atacante Cassiano brilhou com a camisa do Paysandu, marcando um total de 20 gols em 31 partidas que fez pelo time, o que o coloca como o maior goleador do clube na temporada até aqui. Só que no futebol a fila também anda e, ontem, quem surgiu no campo do Kasa com a camisa tendo a mesma numeração foi a mais nova aquisição do clube: o também atacante Lúcio Flávio, que chegou à Curuzu justamente com a missão de substituir Cassigol, que acabou sendo seduzido por uma proposta fabulosa do futebol da China.

Lúcio havia desembarcado em Belém na véspera, quando teve a sua contratação anunciada pelo site do clube. O jogador, que ainda não concedeu entrevista à imprensa, o que deve ocorrer hoje, estava no São Bento-SP, clube que, como o Papão, disputa a Série B do Brasileiro. Pelo time do interior paulista, o atacante disputou 8 partidas, marcando apenas 2 gols. O número de bolas mandadas pra rede pelo atacante é pequeno, sem dúvida, mas ele pode seguir o mesmo roteiro de Cassiano e Bergson, outro ex-ídolo da Fiel, que antes de chegarem ao Papão haviam marcado apenas 4 e 9 gols pelos ex-clubes, respectivamente.

O treino de ontem do novo atacante e candidato a ídolo da Fiel foi o primeiro feito por Lúcio Flávio entre os jogadores do clube. O atleta ainda não teve o seu nome incluído no Boletim Informativo Diário (BID), da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), condição necessária para poder atuar pelo time. Como vinha jogando pelo ex-clube, o atleta reúne boas condições físicas, podendo até ser relacionado para o jogo contra o Oeste-SP, desde que, claro, seja regularizado a tempo.

Mas a camisa 39 assumida por Lúcio Flávio não deverá estar sozinha no vestibular a ídolo da torcida do Papão. Embora a diretoria ainda não tenha se manifestado sobre o assunto, a vinda do atacante Victor Rangel, que estava atuando no futebol do México, é dada como certa. Como se trata de transferência internacional, a regularização do atleta, caso as especulações se confirmem, levará um pouco mais de tempo, o que deverá ser aproveitado pelo outro concorrente para firmar seu nome junto ao torcedor bicolor.

(Nildo Lima/Diário do Pará)





Comentários

Destaques no DOL