Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Esporte / Mundo

Mundo

Gabi Guimarães é o novo reforço do VakifBank, da Turquia

terça-feira, 25/06/2019, 12:00 - Atualizado em 25/06/2019, 12:00 - Autor:


Após oito temporadas com conquistas importantes no vôlei brasileiro, Gabi Guimarães, do Minas Tênis Clube, fará sua primeira temporada internacional no VakifBank, da Turquia. A ponteira, porém, só se apresenta em outubro, após compromissos com a Seleção Brasileira.

“Desde que eu comecei a jogar profissionalmente, ainda muito nova, sempre sonhei em viver essa experiência de jogar fora do Brasil. Na minha carreira sempre procurei viver um dia ou uma temporada de cada vez, tive experiências muitos bacanas no Rio de Janeiro e no Minas, mas senti que é hora de buscar sonhos ainda maiores. Sou muito feliz por tudo que conquistei nesses últimos anos, tive temporadas muito gratificantes e sempre serei muito grata”, disse a atleta.

Gabi conquistou quatro dos cinco títulos possíveis em 2018/2019. A perda da única final se deu no Mundial de Clubes, justamente contra o VakifBank, que conquistou a competição pela terceira vez. A ponteira avaliou seu novo desafio e se disse animada para a nova temporada.

“Apesar da Superliga ser um dos melhores campeonatos do mundo, pelo Mundial de Clubes a gente consegue sentir o poderio das equipes europeias, até por contar com mais atletas estrangeiras do que o nosso campeonato. Então, acho que vai ser uma experiência incrível de não só enfrentar os melhores times do mundo, como atuar ao lado de grandes atletas, que são referências do vôlei mundial”.

É uma grande equipe, um clube que dispensa palavras, então estou muito animada para essa primeira temporada. Acho que tenho muito a crescer, aprender e evoluir com uma nova escola, um novo técnico e um novo país.

No entanto, Gabi se apresentará apenas em outubro à nova equipe, visto que cumprirá seus compromissos com a Seleção Brasileira. Além das conquistas com o Minas, ela foi capitã do Brasil pela primeira vez durante o início da Liga das Nações e espera se desenvolver ainda mais com o acúmulo de responsabilidades.

“Eu sempre fui uma das mais nova na seleção e agora fui capitã. Acho que foi uma coisa natural, pela renovação do time e pela saída de outras jogadoras. Não foi uma coisa que eu busquei, mas foi muito bacana ter essa responsabilidade e saber da confiança do Zé (Roberto) em mim. Estamos buscando uma nova identidade para o nosso time e acho que isso acrescenta ainda mais na minha carreira”, avaliou.

Ela garantiu que, agora, o foco é totalmente na Seleção, que disputará a fase final da Liga das Nações em julho, na China. “Só depois da última competição vou virar a chave para o Vakif e me dedicar ao clube. Espero que as coisas caminhem bem até lá”, finalizou.

Além de vencer o Campeonato Mundial de clubes, o VakifBank também conquistou o Campeonato Turco e o vice-campeonato da Champions League na última temporada.

Fonte: Gazeta Esportiva

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS