Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


26°
R$

Esporte / Mundo

Mundo

Grêmio derrota Botafogo no Rio antes da parada para Copa América

quarta-feira, 12/06/2019, 21:30 - Atualizado em 12/06/2019, 21:30 - Autor:


O Botafogo perdeu os 100% de aproveitamento nos jogos em casa no Campeonato Brasileiro ao ser derrotado pelo Grêmio por 1 a 0, em partida disputada na noite desta quarta-feira, no estádio Nilton Santos.

O Alvinegro de General Severiano se manteve provisoriamente na quarta colocação com 15 pontos, mas pode ser superado ao final da rodada. O Grêmio subiu para a 11ª colocação com 11 pontos ganhos. Jean Pyerre, de falta, marcou o único gol da partida.

O resultado fez justiça ao time gaúcho que mesmo atuando com vários desfalques, foi bem melhor do que o Botafogo.  O time gaúcho mostrou mais organização e disposição ofensiva. O Botafogo decepcionou inteiramente sua torcida, com uma atuação muito fraca e que quase não causou problemas para o goleiro Paulo Victor.

O Botafogo só volta a jogar no dia 14 de julho, diante do Cruzeiro, no Mineirão. O Grêmio, na mesma data, vai receber o Vasco.

O jogo – Mesmo atuando fora de casa e com vários desfalques, o Grêmio iniciou a partida com marcação avançada e, por duas vezes, o goleiro Diego Cavalieri foi obrigado a recorrer a chutões para afastar a bola das proximidades da sua área. E logo aos dois minutos, Diego Tardelli recebeu na entrada da área, se livrou da marcação e chutou forte para grande defesa de Cavalieri.

O time dirigido por Renato Gaúcho seguiu pressionando enquanto o Botafogo não conseguia criar ações ofensivas e se limitava a se defender das investidas do time gaúcho. O atacante Diego Tardelli se movimentava muito e confundia os zagueiros da equipe carioca.

O Botafogo também encontrava muita dificuldade pelo lado direito da sua defesa por causa das constantes investidas do lateral Juninho Capixaba que não dava sossego a Fernando.

(Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Só por volta dos 20 minutos é que o time dirigido por Eduardo Barroca começou a se organizar ofensivamente, trocando passes nas próximidades da área gaúcha.

Aos 22 minutos, Vizeu cruzou na área e os jogadores da equipe tricolor pediram toque na mão de Fernando, mas a arbitragem mandou o jogo seguir.

O Botafogo só voltou a assustar aos 26 minutos quando Diego Souza esticou para a penetração de Fernando, mas o goleiro Paulo Victor foi mais rápido e ficou com a bola. Um minuto depois foi a vez de João Paulo se livrar de três marcadores e chutar para defesa segura do goleiro gremista.

A partida ficou mais equilibrada com as duas equipes se alternando na posse de bola, mas sem criar momentos de real perigo, o que só voltou a acontecer aos 36 minutos quando Juninho Capixaba cruzou para Felipe Vizeu na área, mas Gabriel conseguiu bloquear o chute do atacante.
Aos 46 minutos, João Paulo bateu falta e Carli cabeceou para defesa fácil de Paulo Victor.

Os dois times voltaram sem modificações para o segundo tempo. E o Grêmio foi o primeiro a atacar. Após cruzamento de Juninho Capixaba, Rodriguez completou e Diego Cavalieri defendeu sem dificuldades. O Botafogo respondeu com uma cabeçada de Joel Carli que encobriu o travessão defendido por Paulo Victor.

(Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Aos oito minutos, após jogada confusa na área alvinegra, Alisson chutou forte e Carli salvou, desviando para escanteio. O técnico Renato foi obrigado a queimar uma substituição quando o zagueiro Rodriguez sentiu dores no joelho direito e o volante Darlan entrou para recompor a equipe. ^O volante Rômulo foi deslocado para a zaga ao lado do também improvisado Michel.

Aos 18 minutos, Felipe Vizeu foi lançado em velocidade, trombou com o zagueiro Gabriel e a bola saiu. O atacante pediu a marcação de pênalti, mas a arbitragem marcou apenas tiro de meta. Preocupado com o fraco rendimento da sua equipe, o técnico Eduardo Barroca trocou João Paulo e Luiz Fernando por Yuri e Lucas Campos.

O jogo caiu muito de ritmo no segundo tempo com as duas equipes cometendo muitos erros e tornando a partida monótona. Aos 36 minutos, o Grêmio marcou o primeiro gol. Jean Pyerre bateu falta, a bola desviou na barreira e enganou Diego Cavalieri.

Em desvantagem e vaiado pela torcida, o Botafogo partiu para tentar o empate, mas seguiu mostrando falta de inspiração. Aos 42 minutos, após cobrança de falta, Joel Carli cabeceou, mas a bola saiu.
Nos acréscimos, o goleiro Paulo Victor evitou o empate ao fazer grande defesa após conclusão de Yuri.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-RJ 0 X 1 GRÊMIO-RS

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 12 de junho de 2019 (Quarta-feira)
Horário: 19h15(de Brasília)
Público: 17.757 presentes
Cartão Amarelo: Yari(Bota);Thaciano, André(Gre)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (PB)
Assistentes: Bruno Salgado Rizo (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
VAR: Márcio Henrique de Gois(SP)

Gol:
GRÊMIO: Jean Pyerre, aos 36 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Diego Cavalieri, Fernando, Joel Carli, Gabriel e Gilson; Alex Santana, Cícero, João Paulo(Yuri) e Luiz Fernando(Lucas Campos); Erik(Lucas Barros) e Diego Souza
Técnico: Eduardo Barroca

GRÊMIO: Paulo Victor, Leonardo Gomes, Michel, Rodriguez(Darlan) e Juninho Capixaba; Rômulo, Thaciano, Alisson e Jean Pyerre; Diego Tardelli(Pepê)e Felipe Vizeu(André)
Técnico: Renato Gaúcho

Fonte: Gazeta Esportiva

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS