Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


25°
R$

Esporte / Mundo

Mundo

Brasil classifica mais cinco duplas à fase de grupos em Santa Catarina

quarta-feira, 15/05/2019, 20:35 - Atualizado em 15/05/2019, 20:35 - Autor:


O Brasil conseguiu avançar com cinco duplas à fase de grupos do torneio quatro estrelas de Itapema, Santa Catarina, nesta quarta-feira, pelo Circuito Mundial de vôlei de praia 2019. Alison/Álvaro Filho (ES/PB), André/George (ES/PB), Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), Juliana/Josi (CE/SC) e Talita/Taiana (AL/CE) venceram seus compromissos pelo classificatório e garantiram presença na competição. Outros oito times do país já estavam garantidos.

As chaves ainda serão sorteadas. A entrada para os torcedores é franca na arena montada na Meia-Praia, na Avenida Nereu Ramos, altura da rua 307. Os duelos das semifinais e finais, acontecem a partir da tarde de sábado.

Além das cinco duplas que avançaram hoje, já estavam garantidas na fase de grupos, seja pela posição no ranking de entradas, seja por convite (wild card) outras oito duplas brasileiras. No masculino, Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF), Pedro Solberg/Vitor Felipe (RJ/PB), Guto/Saymon (RJ/MS) e Thiago/Oscar (SC/RJ). Entre as mulheres, Ágatha/Duda (PR/SE), Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ), Carol Solberg/Maria Elisa (RJ) e Tainá/Victoria (SE/MS).

Entre os classificados, destaque para André Stein, campeão da parada em Itapema em 2018, agora atuando junto do paraibano George. Eles superaram os uruguaios Marco Cairus e Mauricio Vieyto por 2 sets a 0 (21/19, 21/14), em 32 minutos. André comentou a felicidade em poder retornar ao palco de ótimas lembranças.

George (esq) e André Stein celebram ponto<br />(Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

“As pessoas chegam até de outras cidades da região, pegam a estrada para acompanharem a etapa. É raro as arenas em outros lugares estarem cheias nos jogos do country quota e classificatório, então isso torna mais especial. George e eu tivemos um entrosamento muito fácil. Claro que temos pouco tempo, nos unimos no meio da corrida olímpica, mas o que nos deixa mais tranquilo é que tudo tem fluído muito bem, um clima bom, confiantes. Sabemos que podemos confrontar qualquer time”, declarou.

Quem também avançou foi a dupla do campeão olímpico Alison e do medalhista pan-americano Álvaro Filho. Eles superaram os dinamarqueses Kristoffer Abell e Martin Trans Hansen por 2 sets a 0 (21/15, 21/11), em 30 minutos. Alvinho destacou a capacidade do time manter o controle do jogo apesar da chuva e do vento.

“A atmosfera de Itapema me chamou muito a atenção, as pessoas gostam muito do esporte, recebem muito bem a etapa. E foi um jogo típico do vôlei de praia. Começou com chuva, depois veio o vento, e durante a partida o vento também mudou de direção. Mas isso é a essência do esporte, se adaptar ao que aparece pela frente. Não conhecíamos os dinamarqueses, estudamos, mas o mais importante é nossa postura”, disse.

Entre as mulheres, as atuais líderes da corrida olímpica brasileira, Ana Patrícia e Rebecca, passaram sem dificuldades pelo classificatório. Venceram as dinamarquesas Okholm Hansen e Helle Sondergard por 2 sets a 0 (21/17, 21/11), em 29 minutos e se garantiram entre os 32 times da fase de grupos. Rebecca comentou o triunfo.

“Jogar em casa é fantástico, a torcida lotou já no primeiro dia, mas classificatório sempre será um jogo tenso. Começamos bem, mas depois elas encostaram, entraram na partida. Mas o mais importante é que nos mantivemos concentradas, isso é algo muito bom do nosso time. Mesmo no erro, não deixamos o foco se perder. É o primeiro de muitos jogos, cada jogo é um jogo, agora são novos desafios pela frente”, declarou a cearense.

Josi, nascida em Itapema, celebrou a nova parceria com a medalhista olímpica e campeã mundial Juliana. Elas atuaram juntas, venceram Carolina Horta/Ângela (CE/DF) por 2 sets a 0 (21/16, 21/18), em 38 minutos, e garantiram a vaga.

“Estava mais nervosa por jogar ao lado da Juliana, em estrear ao lado desse ícone do vôlei de praia mundial, do que com o classificatório em si. Ela é uma das maiores da história, é uma emoção grande ter a chance de estar do mesmo lado que ela da quadra”, disse Josi.

As etapas do Circuito Mundial são classificadas de uma a cinco estrelas desde 2017, variando assim o valor da premiação e o total de pontos distribuídos. Itapema (SC) receberá um evento de quatro estrelas, com distribuição de cerca de R$ 1,2 milhão em prêmios para todos os times em disputa, sendo cerca de R$ 80 mil para a dupla campeã de cada naipe. A competição também dará 800 pontos aos campeões em cada naipe.

Fonte: Gazeta Esportiva

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS