Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Esporte / Mundo

LUTO NA ÁFRICA

Morre carrasco francês na Copa de 2002 aos 42 anos

Jogador lutava contra doença degenerativa e não resistiu ao tratamento.

domingo, 29/11/2020, 16:51 - Atualizado em 29/11/2020, 16:51 - Autor: Com informações do UOL


| Reprodução / FIFA

O futebol africano perdeu um de seus talentos: morreu neste domingo (29), o atacante Pape Doupa Diop, da histórica seleção de Senegal que disputou a Copa do Mundo de 2002.

Segundo informações do jornal francês ‘L’Equipe’, o ex-jogador tinha 42 anos e lutava contra uma doença degenerativa nervosa que enfraquece as mãos e diminui o lado sensitivo nas mãos, braços e pernas.

Diouf atuou em várias ligas do futebol europeu, mas foi com a seleção africana que teve destaque do mundo: na abertura do Mundial contra a França, o atacante marcou o gol de seu país e dançou na comemoração daquela que seria uma das maiores vitórias do futebol africano em Copas.

 

Nas redes sociais, a FIFA lamentou a morte do jogador.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS