Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Mundo

FALOU, FALOU E NADA...

Borrachinha faz luta apagada e é nocauteado por Adesanya; veja o vídeo!

Adesanya fez o jogo perfeito: abusou dos chutes e manteve o brasileiro longe o tempo inteiro.

domingo, 27/09/2020, 08:38 - Atualizado em 27/09/2020, 09:56 - Autor: Com informações da ESPN


| Reprodução

Falou, Falou, falou e na hora... Fez nada. Paulo Costa "Borrachinha" foi nocauteado por Israel Adesanya ainda no 2º round do UFC 253 do último sábado, na "Ilha da Luta", em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.

Adesanya fez o jogo perfeito: abusou dos chutes e manteve o brasileiro longe o tempo inteiro. Os fortes chutes do nigeriano enfraqueceram a perna esquerda de Paulo e ainda serviram para abrir um corte no rosto.

Depois, um soco acertou em cheio a têmpora e levou o brasileiro a knockdown. O juiz nem deixou o combate seguir muito e logo decretou a vitória do nigeriano.

SEM CINTURÃO

A categoria dos médios foi a que o Brasil dominou por mais tempo na história do UFC. Foram 2.427 dias (ou quase 7 anos) ininterruptos com Anderson Silva no topo. Antes dele, Murilo Bustamante também havia conquistado o título do peso em 2002, com um reinado de mais 267 dias.

Desde julho de 2013, porém, o Brasil nunca mais tocou no cinturão. Borrachinha foi o primeiro brasileiro a ter a chance desde maio de 2015, mas o quarto a tentar reconquistar esse título. Antes dele, o próprio Anderson Silva, Vitor Belfort e Lyoto Machida foram derrotados por Chris Weidman.

O brasileiro estreou no UFC em 2017 e teve uma ascensão meteórica, com quatro nocautes consecutivos e uma vitória incrível diante de Yoel Romero.

O desafio a Adesanya deveria até ter acontecido antes. Os dois são verdadeiros desafetos e passaram praticamente dois anos se provocando sempre que possível. Uma lesão, porém, adiou os planos do brasileiro. A espera finalmente acabou na Ilha da Luta, em Abu Dhabi. Mas não do jeito que ele esperava...

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS