Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


25°
R$
Pará

No Clube do Remo a sensação de dever cumprido

segunda-feira, 10/06/2019, 09:27 - Atualizado em 10/06/2019, 09:30 - Autor:


O clima de emoção na partida de sábado, contra o Volta Redonda, já era esperado, por ser o confronto entre duas das quatro equipes favoritas no grupo B da Série C. Porém, a reta final da partida testou o coração do torcedor azulino pelo crescimento adversário, que chegou a empatar, mas que logo cedeu a virada aos donos da casa. A breve oscilação pode estar ligada no cansaço natural da equipe, que teve poucos dias de recuperação e treinamento preparatório para o jogo contra o Voltaço.


Por isso, o triunfo foi celebrado de forma única pela comissão técnica, que destacou o papel de cada jogador. “Nossos jogadores estão de parabéns pelo que fizeram na partida, que foi muito boa na questão física. Não querendo justificar, mas a viagem levou a um desgaste muito grande. Tivemos dois dias a menos que o Volta Redonda pra recuperar. Isso fez a diferença”, lembrou o técnico Márcio Fernandes.


“No segundo tempo alguns jogadores sentiram muito. Com 25 minutos eu já tinha feito três mudanças. Não é muito minha característica fazer isso, mas era necessário para não trazer o Remo para trás, Tínhamos que pensar na frente e fazer o gol. Tomamos um, mas tivemos o poder de reação. É louvável o equilíbrio da equipe pra sair com essa vitória”, reconheceu o comandante.


UNIÃO


Responsável por criar um padrão tático para o time azulino, que tem permitido ao Remo ser a única equipe invicta no certame, o treinador comemorou o bom momento e o comprometimento entre equipe e torcida. “Estamos na sétima partida, ainda temos duas antes de terminar o primeiro turno e, depois, mais nove jogos pela frente.


Vamos tendo mais confiança a partir do momento que ganhamos. O torcedor acredita muito mais, é uma corrente de pensamento positivo, todo mundo pensando no mesmo caminho e as coisas vão acontecendo. Vamos enfrentar o São José em busca de um bom resultado”, pontuou sobre o próximo compromisso.


ZAGUEIRO


Autor de um dos gols na partida, o zagueiro Marcão, que marcou o seu segundo tento consecutivo nas partidas do Leão como mandante, comentou sobre mais uma bola guardada nas redes. Para o defensor, esse é um momento único da equipe, e reiterou ainda o papel coletivo do grupo. “A gente faz o possível para ajudar. Claro que o objetivo primeiro é defender, mas trabalhamos para ajudar o time. O grupo está fechado e assim as coisas acontecem melhor”, disse.


(Matheus Miranda/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS