Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


27°
R$
Pará

Márcio Fernandes ainda tem dúvidas entre Emerson Carioca ou Alex Sandro

sexta-feira, 10/05/2019, 08:30 - Atualizado em 10/05/2019, 08:31 - Autor:


Antes de seguir viagem para o local da partida de amanhã contra o Luverdense, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT), o treinador do Clube do Remo, Márcio Fernandes, enfatizou que usaria todo o dia de hoje para a definição da equipe que irá entrar jogando pela terceira rodada da Série C. A dúvida, porém, é pontual. Com Zotti assumindo a vaga no meio de campo deixada por Douglas Packer, que está no departamento médico em recuperação, a indecisão se restringiu ao ataque, com a manutenção de Emerson Carioca ou a entrada de Alex Sandro.



A depender da permanência ou alteração na onzena, o estilo de jogo azulino pode mudar consideravelmente em campo. Emerson Carioca é atualmente o homem de referência da equipe, que joga mais próximo da área e de forma centralizada. Alex Sandro, por sua vez, é velocista, jogador de beirada. Como adiantou o comandante, a opção, nesse caso, será embasada na forma de como o adversário pretende atuar em seus domínios. Contudo, a estrela dos ofensivos contará para a escalação.


 Aqui você vai encontrar materiais esportivos de todas as marcas. Camisas de grandes clubes nacionais e internacionais. Acesse e confira!


HISTÓRICO BOM


Ambos os profissionais marcaram gols importantes recentemente com a camisa azulina: Carioca no jogo de ida da semifinal Estadual; e Alex Sandro, o gol do título do Parazão, os dois após saírem do banco de reservas. Além disso, tanto Emerson quanto Alex são os jogadores que mais balançaram as redes em prol do Leão na temporada: quatro tentos para Carioca (dois na pré-temporada e dois oficiais) e quatro para Alex Sandro (um na pré-temporada e três oficiais, sendo assim, artilheiro da equipe). O momento, no entanto, parece ser mais favorável para o velocista.


Nas rodadas passadas pela competição nacional, o camisa 9 não atuou bem e, consequentemente, passou batido no faro de gols. Emerson, porém, acredita na sua qualidade para ajudar o Remo. “Procuro manter a cabeça fria, sei do meu potencial e o grupo todo tem abraçado a causa de todos. Tenho a confiança neles. Falta aquela tranquilidade no último toque, a gente sabe que uma hora vai entrar, basta continuar trabalhando para isso que uma hora vai”, destacou.


Para Alex Sandro, além da sorte, é esperado outro fator para ser decisivo em campo caso acionado. “Marcar gols e gols de vitória, marcam o jogador. Sei como é isso e quero continuar ajudando o Remo. Mas sei que o nosso time é de qualidade e quero estar disposto para ajudar da forma que o professor achar melhor, para conquistar um bom resultado”, disse.


(Matheus Miranda/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS