Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


23°
R$
Pará

Torcedor paraense relata atos de racismo durante jogo do Remo na Série C

domingo, 05/05/2019, 18:49 - Atualizado em 05/05/2019, 18:56 - Autor:



O Clube do Remo conseguiu um ponto precioso, jogando fora de casa, contra o time do Juventude (RS) na Serra Gaúcha no último sábado (4). Mas, apesar do resultado considerado positivo, a partida foi marcada por cenas lamentáveis de racismo e preconceito contra torcedores azulinos, dentro e fora do estádio.  


Em uma postagem feita nas redes sociais, o paraense Anderson Martins relatou episódios de ofensas proferidas pelos torcedores do Paço contra os azulinos. Nomes como “macaco” e “índio” eram comuns nos arredores do estádio Alfredo Jacondi, localizado na cidade de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul.


“Infelizmente, essas coisas não são de hoje, e estamos tentando trabalhar com essa cultura”, relata Anderson Martins.


“A polícia acompanhou tudo e só pediu para sair de perto do ônibus do Remo. Depois ouvimos as provocações”, completou o torcedor paraense.


Além das ofensas no momento do jogo, o torcedor foi vítima de comentários preconceituosos feitos em uma postagem no Facebook. Nela, o paraense foi chamado de “cabeça chata” e provocado a “dar uma flechada”.






O DOL tenta contato com o Esporte Clube Juventude para saber se o time irá se pronunciar sobre o episódio. 


Jogos no Sul


Na Terceirona, Remo e Paysandu irão ao sul outras quatro vezes, e Anderson alerta os torcedores paraenses nestes jogos. “Não revide. Trate com respeito as pessoas, pois somos todos iguais”, finalizou Anderson.


O Juventude-RS enfrenta o Paysandu, em Belém, no próximo sábado (11). Já o Remo vai ao Mato Grosso enfrentar o Luverdense-MT.


(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS