Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
Brasil

Alemanha resolve no primeiro tempo, vence a Nigéria e avança às quartas

sábado, 22/06/2019, 14:30 - Atualizado em 22/06/2019, 14:30 - Autor:


A Alemanha é a primeira classificada para as quartas de final da Copa do Mundo Feminina. Jogando no Stade des Alpes, em Grenoble, na França, as alemãs confirmaram o favoritismo, resolveram o placar em 25 minutos e fizeram 3 a 0 sobre a Nigéria. Popp, de cabeça, abriu o placar, Dabritz ampliou de pênalti e Schueller, nos minutos finais da partida, deu números finais.

Os primeiros 45 minutos foram de domínio da seleção da Alemanha. Apesar do ímpeto inicial, a Nigéria não conseguiu suportar a pressão, pouco atacou e se viu atrás no placar logo aos 19 minutos, após Popp subir sozinha no meio da área e completar para o gol de cabeça. Cinco minutos depois, Magull sofreu pênalti, cobrado com maestria por Dabritz, que deslocou a goleira Nnadozie.

O segundo tempo foi bem menos intenso que a primeira etapa. Repetindo o cenário inicial, a Nigéria esboçou uma reação, criou uma boa chance com Ajibade, que cruzou para Kanu, mas a atacante não alcançou. Com o passar dos minutos, a seleção africana acusou o cansaço, e a Alemanha passou a controlar as principais ações ofensivas, confirmando a vitória e a classificação.

Agora, a Alemanha aguarda o vencedor do confronto entre Suécia e Canadá, que se enfrentam na próxima segunda-feira, no Parque dos Príncipes, em Paris, para conhecer sua adversária nas quartas de final. A partida está marcada para o próximo sábado, dia 29, em Rennes.

O JOGO

Os primeiros minutos do duelo em Grenoble foram bastante intensos, com duas rápidas chances criadas, uma para cada lado. Logo no primeiro minuto, a Nigéria por pouco não abriu o placar com Ordega, que emendou de primeira a cobrança de escanteio no primeiro poste, mas parou em Schult. Na sequência, após cobrança de falta, Magull dominou dentro da primeira área, mas Ohale entrou na frente da bola e evitou o tento.

Aos poucos, a Alemanha, favorita para a partida, tomou para si o protagonismo da partida, encurralando a seleção nigeriana no campo de defesa e obrigando a goleira Nnadozie a trabalhar. Aos 19 minutos, no entanto, a arqueira nada pôde fazer. Após cobrança de escanteio, Popp não precisou nem saltar, se posicionou na pequena área e completou o cruzamento para testar a bola, que morreu no fundo da rede.

O gol abateu a Nigéria, que errou diversos passes em sequência, deixando a bola com as alemães. Cinco minutos de abrir o placar, Nwabuoku dividiu dentro da área com Magull, que levou a pior e sofreu o pênalti. Na cobrança, Dabritz apenas tocou com categoria no canto esquerdo e ampliou a vantagem a favor da seleção europeia.

Nos minutos finais da primeira etapa, a Nigéria esboçou uma reação, criou uma boa chance, mas Oparanozie parou no desvio da defesa alemã. O lance, inclusive, foi revisado no VAR, que mostrou um toque no braço da defensora. A árbitra Yoshimi Yamashita, do Japão, no entanto, mandou o jogo seguir e logo em seguida apitou o fim dos primeiros 45 minutos.

Assim como no primeiro tempo, a Nigéria começou o segundo tempo buscando pressionar a Alemanha a fim de reduzir a desvantagem no placar. E aos quatro minutos, Kanu ficou a centímetros de fazer o primeiro da seleção africana. Após boa jogada pela esquerda, Ajibade cruzou rasteiro e a atacante não alcançou a bola para empurrá-la para o fundo da rede.

A resposta alemã veio aos 12 minutos. Em ótima trama ofensiva, Bühl deixou de calcanhar para Gwinn, que ajeitou e chutou da entrada da área. Apesar do perigo, a bola saiu pela linha de fundo. Na sequência, Simon ergueu para a área, mas ninguém completou o cruzamento.

Sem conseguir criar muito perigo à meta alemã, a seleção nigeriana passou a acusar o cansaço com o passar dos minutos. Dessa forma, foram as europeias quem passaram a controlar a partida, mantendo a posse de bola e apostando na construção das jogadas por intermédio das triangulações. Aos 36, em um momento de pressão, a Alemanha forçou o erro na saída de bola nigeriana, que Schueller aproveitou para dar números finais.

FICHA TÉCNICA
ALEMANHA 3 X 0 NIGÉRIA

Local: Stade des Alpes, em Grenoble, na França
Data: Sábado, dia 22 de junho de 2019
Horário: 12h30 (de Brasília)
Árbitra: Yoshimi Yamashita (JPN)
Assistentes: Naomi Teshirogi (JPN) e Makoto Bozono (JPN)
VAR: Carlos del Cerro Grande (ESP)

GOLS: Popp (Alemanha), aos 19 minutos do 1T; Dabritz (Alemanha), aos 25 minutos do 2T; Schueller (Alemanha), aos 36 minutos 2T

Cartões amarelos: Nwabuoku (Nigéria), Gwinn (Alemanha), Huth (Alemanha), Oparanoize (Nigéria), Ajibade (Nigéria)

ALEMANHA: Schult; Gwinn, Doorsoun, Regering e Schweers (Simon); Huth, Leupolz (Buhl), Magull (Oberdof), Dabritz; Schueller e Popp
Técnico: Martina Voss-Tecklenburg

NIGÉRIA: Nnadozie; Okeke, Ebi, Nwabuoku (Ajibade) e Ohale; Ordega, Ayinde, Okobi, Kanu (Ogebe); Ihezuo (Uchendu) e Oparanozie
Técnico: Thomas Dennerby

Fonte: Gazeta Esportiva

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS