Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
Brasil

Há três anos, Brasil perdia para o Peru e era eliminado da Copa América

sábado, 22/06/2019, 08:15 - Atualizado em 22/06/2019, 08:15 - Autor:


Neste sábado (22), o Brasil entra em campo contra o Peru pela última rodada da fase de grupos da Copa América, às 16h (de Brasília). Na Arena Corinthians, a equipe de Tite pode se classificar até com uma derrota, dependendo dos outros resultados. Há três anos, porém, um revés contra os peruanos rendeu a eliminação do time canarinho na Copa América Centenário, realizada nos Estados Unidos.

Depois de um 0 a 0 contra o Equador e vitória por 7 a 1 contra o Haiti, a Seleção precisava apenas de um empate para garantir a vaga nas quartas de final do torneio. A derrota eliminaria o Brasil na Primeira Fase pela primeira vez desde 1987, em Copa América disputada na Argentina.

A escalação inicial contou com diversos jogadores conhecidos da torcida, alguns, inclusive, ainda fazem parte da equipe verde-amarela. O ex-técnico da Seleção colocou em campo Alisson, Daniel Alves, Miranda, Gil, Filipe Luís, Elias, Renato Augusto, Lucas Lima, Willian, Philippe Coutinho e Gabigol. Dos onze, seis estão disputando a edição de 2019 do torneio.

Como se esperava, o Brasil foi bem superior ao Peru no primeiro tempo, dominou a posse de bola e jogou a maior parte do tempo no campo de ataque. Contudo, o time não conseguia envolver o adversário e desperdiçava as chances claras de gol que criava.

No segundo tempo, o técnico Ricardo Gareca promoveu a entrada de Yotún e deixou o Peru mais agressivo. Com a marcação alta exercida pelo adversário, a Seleção teve dificuldades para levar perigo ao gol peruano e não fazia por merecer a classificação garantida até o momento. Aos 26 minutos, Dunga colocou Hulk no lugar de Gabigol.

E aos 29 minutos, Polo fez jogada pela direita e cruzou à meia altura para Ruidíaz, de mão, desviar para o gol. Mesmo com a reclamação dos jogadores brasileiros, o juiz demorou, mas validou o gol da seleção peruana, após ser chamado pelo bandeirinha para conversar à beira do gramado.

Desesperado, o Brasil se lançou ao ataque de forma desorganizada em busca do gol de empate e da classificação, mas sem criar grandes chances. Com Lucas Moura, Jonas e Ganso no banco de reservas, Dunga preferiu não fazer mais nenhuma substituição e viu seu time ser derrotado e eliminado da Copa América pela segunda vez em dois anos. Em 2015, o Brasil caiu para o Paraguai nas quartas de final.

Dois dias depois, o treinador foi demitido e viria a ser substituído por Tite, que tenta levar a Seleção novamente rumo ao título do torneio sul-americano. A última conquista do Brasil foi em 2007, vencendo a final por 3 a 0 contra a Argentina.  

Fonte: Gazeta Esportiva

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS