Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
Brasil

Lesões e cortes: a sombra da Seleção feminina na Copa

quarta-feira, 19/06/2019, 08:45 - Atualizado em 19/06/2019, 08:45 - Autor:


A Seleção Brasileira feminina está nas oitavas de final da Copa do Mundo. Após passarem pela Itália por 1 a 0 com gol de Marta na última terça-feira, elas se classificaram em terceiro lugar atrás das próprias italianas e da Austrália (os três times somam seis pontos) e enfrentarão Alemanha ou França. No entanto, um aspecto chama atenção no Brasil: a quantidade de lesões e cortes desde a convocação.

Na lista inicial de Vadão, a atacante Adriana, do Corinthians, foi convocada, porém ficou apenas 24 horas entre os 23 nomes. Isso porque ela rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e precisou ser cortada. Resultado: Luana, do KSPO, da Coreia do Sul, foi chamada em seu lugar.

Além dela, a lateral-direita Fabi Simões, do Internacional, precisou ser desconvocada após ter sofrido uma lesão de grau 1 em um músculo da coxa direita, sem tempo para se recuperar para a disputa do Mundial. Para sua vaga, Poliana, do São José, foi a escolhida.

A zagueira Érika, do Corinthians, é outro exemplo. Ela foi até Portugal para a série de treinamentos preparatórios, mas também sentiu lesão, na panturrilha, e foi cortada. Em seu lugar, Daiane, do Paris Saint-Germain foi a escolhida – ainda assim, a dupla de zaga titular da Seleção vem sendo Mônica e Katheleen.

Esses três nomes precisaram ser cortados antes do início da Copa do Mundo. A 15 dias da competição, mais um susto: a maior estrela da Seleção e eleita seis vezes melhor do mundo, Marta, sofreu uma lesão na coxa e precisou de um trabalho intensivo de recuperação – há quem diga que ela não está em sua melhor forma, mesmo com dois gols de pênalti marcados em dois jogos (ela ficou de fora da estreia contra a Jamaica).

Para fechar, a última notícia veio nesta terça-feira, com o corte de Andressa Alves, do Barcelona. A meia-atacante sofreu uma lesão na coxa esquerda durante o treinamento e não jogará mais a disputa. Diante disso, são quatro cortes oficiais, além da lesão de Marta, uma sombra que vem incomodando a Seleção feminina.

Fonte: Gazeta Esportiva

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS