Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
Brasil

Everton celebra primeiro gol na Seleção e tira “peso” das costas

sábado, 15/06/2019, 05:05 - Atualizado em 15/06/2019, 05:05 - Autor:


Ao contrário da Seleção Brasileira, Everton precisou de pouco tempo para balançar as redes na vitória por 3 a 0 sobre a Bolívia, nesta sexta-feira, no Morumbi, pela estreia na Copa América 2019.

Aos 39 do segundo tempo, quatro minutos depois de entrar no lugar de David Neres, o atacante do Grêmio não hesitou ao arriscar uma jogada que lhe é característica para marcar o seu primeiro gol em seis jogos com a camisa do Brasil: recebeu na esquerda, cortou para o meio e, na entrada da área, chutou forte no ângulo do goleiro Carlos Lampe, que não alcançou.

“Estava me cobrando muito por esse gol. Até a ansiedade chegava a atrapalhar um pouco, porque eu queria muito fazer um gol com a camisa da Seleção. Falei até para minha esposa antes da partida, que se eu tivesse oportunidade hoje sairia o gol”, contou, em entrevista à TV Globo.

“E fiquei muito feliz de ter entrado e ajudado a Seleção, ainda mais jogando em casa, com apoio da nossa torcida que encheu aqui hoje [sexta-feira]. É muito gratificante retribuir esse apoio dentro de campo. Hoje fui feliz e pude tirar esse peso”, celebrou o atacante, que adota a cautela para falar sobre uma eventual titularidade.

“A gente vai com calma. O nosso grupo é muito qualificado, mas creio que só quem tem a ganhar com isso é nossa Seleção. Um grupo muito qualificado mesmo, e hoje pude corresponder à confiança do professor e de toda comissão”, concluiu.

Antes de Everton marcar, Philippe Coutinho havia aberto 2 a 0 para o Brasil, com gols aos quatro e sete minutos do segundo tempo. No intervalo, quando o placar ainda apontava empate por 0 a 0, os anfitriões do torneio foram para o vestiário sob vaias.

Com três pontos ganhos, a Seleção Brasileira assume a liderança do Grupo A da Copa América. Os comandados do técnico Tite voltam a campo na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), em Salvador, para enfrentar a Venezuela.

Fonte: Gazeta Esportiva

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS