Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
Brasil

Zamorano elogia Brasil e diz que Neymar não atingiu o auge

quinta-feira, 13/06/2019, 17:25 - Atualizado em 13/06/2019, 17:33 - Autor:


Um rebuliço começou subitamente na sala de imprensa do estádio do Morumbi na tarde desta quinta (13). Enquanto os jornalistas esperavam o início da entrevista coletiva do técnico Tite e do volante Casemiro, uma agremiação se formou em torno do ex-astro chileno Iván Zamorano, hoje comentarista de uma rede de TV mexicana. Questionado a respeito do que esperar do Brasil na Copa América, ele teceu elogios a Tite e pediu para Neymar acertar sua vida fora do campo.

“Acredito que esse time do Brasil é muito sólido mesmo sem o Neymar. Tem o Alisson, melhor goleiro do mundo, Firmino foi campeão da Liga dos Campeões com o Liverpool. Não sei se tem aquela magia que falávamos do futebol brasileiro, mas Tite tem as ideias claras do que fazer. Brasil é um dos favoritos jogando em casa”, comentou o atacante, referindo-se diretamente a Neymar na sequência.


Zamorano é cercado por jornalistas na sala de imprensa (Foto: Tomás Rosolino/Gazeta Press)

“Acredito que, para Neymar, o importante no momento é resolver a sua vida fora do campo. Tenho certeza que ele ainda não atingiu o seu teto, há como evoluir. É um excelente jogador, mas precisa focar em resolver o que acontece fora das quatro linhas porque acredito que isso influencia no seu jogo”, continuou o chileno.

Atacante com passagens por Real Madrid e Internazionale, Zamorano formou uma dupla de ataque de destaque com o canhoto Marcelo Salas vestindo a camisa do Chile. Juntos, ambos alcançaram as oitavas de final da Copa de 1998, sendo eliminados justamente pelo Brasil, de Ronaldo, Rivaldo e companhia.

O Chile de Zamorano está no Grupo C da competição e tem estreia marcada para a segunda-feira, no mesmo Morumbi, contra o Japão. Completam a chave Uruguai e Equador.

Fonte: Gazeta Esportiva

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS