Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
Brasil

Presidente da Conmebol lamenta ausência de Neymar, porém não vê prejuízo de marketing

quinta-feira, 13/06/2019, 16:05 - Atualizado em 13/06/2019, 16:05 - Autor:


“Ver Neymar jogar é um privilégio”, afirmou o presidente da Conmebol (Foto: Divulgação/Conmebol)

Um dia antes da abertura da Copa América, o presidente da Conmebol, Alejandro Dominguez, concedeu entrevista coletiva em São Paulo nesta quinta-feira. O executivo da entidade comentou sobre a ausência de Neymar, cortado da competição por conta de uma lesão no tornozelo direito.

Dominguez lamentou que o camisa 10 da Seleção Brasileira não vá estar em campo por considerar um “privilégio” vê-lo atuar. No entanto, o presidente afirmou que não acredita que a Conmebol será prejudicada em termos de marketing.

“Tecnicamente, não ter o Neymar no campo de jogo é algo que ninguém queria. Para mim, apaixonado pelo futebol, ver Neymar jogar é um privilégio. De forma lastimável essas coisas acontecem. Brasil tem outros jogadores que podem fazer esse trabalho que ele vinha fazendo. Vai ter uma excelente qualidade do futebol. Não creio que do ponto de vista de marketing seja prejudicial à Conmebol”, afirmou o presidente

“Lamentavelmente ele está passando por esse momento doloroso, algo que acontece com um desportista. Eu me solidarizo com ele, que possa voltar em breve ao campo de jogo para mostrar porque Neymar é Neymar”, complementou.

Neymar deve ficar cerca de quatro semanas fora dos gramados enquanto se recupera da lesão no tornozelo. Dessa forma, deve ficar à disposição do Paris Saint-Germain ainda na pré-temporada do clube. Em seu lugar na Seleção, Tite optou por escalar David Neres na ponta-esquerda.

Fonte: Gazeta Esportiva

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS